Início / Agricultura / Açores já receberam 65 candidaturas ao Estatuto da Agricultura Familiar

Açores já receberam 65 candidaturas ao Estatuto da Agricultura Familiar

O secretário Regional da Agricultura e Florestas revelou, em São Jorge, que o Governo dos Açores já recebeu 65 candidaturas ao título de reconhecimento do Estatuto da Agricultura Familiar, que visa proporcionar um conjunto de benefícios em várias medidas de apoio à actividade agrícola, estimular a especificidade deste modo de produção e assegurar coesão territorial.

“O número de candidaturas recepcionadas desde o final de Agosto até agora dá boa nota do interesse que este novo estatuto, que estimula e valoriza a pequena actividade produtiva em contexto familiar, está a despertar entre os agricultores de várias ilhas”, referiu João Ponte, acrescentando que já foram atribuídos duas dezenas de títulos de reconhecimento do Estatuto da Agricultura Familiar nos Açores, estando as restantes candidaturas em fase de análise.

Validade de dois anos

O governante frisou que este título de reconhecimento, com a validade de dois anos, permite aos titulares aceder a um conjunto de mais valias, como é o caso das majorações nas taxas de comparticipação dos programas i9AGRI, PROAGRI, PROAMAF, nos ‘plafonds’ do gasóleo agrícola e na aquisição de reprodutores bovinos machos.

João Ponte afirmou que, através deste estatuto, são valorizadas as particularidades da pequena agricultura familiar na Região nas suas diversas dimensões, económica, territorial, social e ambiental, contribuindo para a fixação dos pequenos agricultores no meio rural, para a melhoria do rendimento dos produtores, para simplificar processos em matéria de licenciamentos, para reforçar potencialidades e mais valias dos territórios rurais.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Confagri lança série de 5 vídeos sobre “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal quer …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.