Início / Mar / Ambiente / Açores investe 100 mil euros na protecção da orla costeira do Faial

Açores investe 100 mil euros na protecção da orla costeira do Faial

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, através da Direcção Regional dos Assuntos do Mar, iniciou os procedimentos de contratação de duas empreitadas com vista à protecção e requalificação da orla costeira da ilha do Faial.

Segundo o director Regional dos Assuntos do Mar, dos Açores, uma das intervenções irá “reforçar a protecção costeira do Forte de São Sebastião, em Porto Pim, incidindo na reparação de zonas infra-escavadas e na realização de uma protecção em enrocamento aderente à muralha”.

As obras junto ao Forte de São Sebastião, que terão em conta “o enquadramento paisagístico e patrimonial”, representam um investimento na ordem dos 83 mil euros, tendo um prazo de execução de 90 dias após o início dos trabalhos.

A outra empreitada prevista para a ilha do Faial, consiste na protecção costeira e na requalificação do Porto da Feteira, designadamente, na reparação estrutural do cais em betão e no reperfilamento do porto e do prisma de calhau rolado.

“Estas obras, que representam um investimento de 18 mil euros, vão permitir melhorar a operacionalidade e as condições de segurança deste portinho”, refere Filipe Porteiro, acrescentando que está previsto um prazo de execução de 30 dias após consignação.

O Governo dos Açores tem previstas intervenções de protecção da orla costeira e consolidação de arribas em várias ilhas do arquipélago como parte da sua estratégia de adaptação às alterações climáticas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Conserveira Pinhais comemora centenário a preservar receitas com 100 anos

Partilhar            A Pinhais comemora no dia 23 de Outubro 100 anos, período durante o qual pouco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.