Início / Agricultura / Açores “fortemente empenhado em garantir a sustentabilidade da vitivinicultura”

Açores “fortemente empenhado em garantir a sustentabilidade da vitivinicultura”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, 8 de Julho, que o Governo dos Açores está fortemente empenhado em garantir o desenvolvimento sustentável da vitivinicultura na ilha do Pico, conforme atestam um conjunto de medidas e acções que têm vindo a ser tomadas.

“Desde logo, no reforço da dotação do POSEI na ajuda à manutenção da vinha, cujos pagamentos foram efetuados no mês passado, referentes ao ano de 2018, passando de um valor de cerca de meio milhão de euros para mais de 1,1 milhões de euros e que contou com verbas da Região em cerca de 350 mil euros”, frisou João Ponte, em declarações à margem da visita à Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico, no âmbito do primeiro dia da visita estatutária do Governo a esta ilha.

POSEI 2020

Por outro lado, salientou a proposta de alteração ao POSEI 2020 que será enviada para Bruxelas ainda este mês e que está a recolher contributos junto dos parceiros do sector, e que prevê um reforço superior a 15% na dotação à ajuda à manutenção da vinha.

João Ponte frisou que o Governo Regional reforçou recentemente os mecanismos de controlo da rotulagem, de forma a garantir a genuinidade dos vinhos certificados dos Açores, bem como tem vindo a atribuir apoios públicos à Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico, tendo em vista o desenvolvimento de projectos de modernização, e à CVR Açores, que constitui um instrumento essencial para o desenvolvimento da vitivinicultura na Região.

Novo concurso VITIS

O secretário Regional da Agricultura e Florestas reiterou que, este ano, será aberto um novo concurso no âmbito do VITIS, com uma dotação de quatro milhões de euros, de modo a continuar a aprofundar o desenvolvimento deste sector.

Para João Ponte, a participação em eventos como a Feira Nacional da Agricultura, a deslocação ao Pico de especialistas e jornalistas internacionais no âmbito do Wine Summit 2019 e a realização da AREV, que contou com um dia de trabalho no Pico, também constituem bons exemplos do trabalho que é fundamental continuar a fazer no futuro, no sentido de dar notoriedade aos vinhos dos Açores e, através disso, conseguir encontrar novos mercados, capazes de valorizar, ainda mais, os vinhos regionais.

“Toda esta acção do Governo Regional justifica-se pelo trabalho extraordinário de desenvolvimento do sector dos vinhos nos Açores, particularmente na ilha do Pico, com crescimento de área muito significativo, pela preservação ambiental, pela inovação e capacidade de atrair enólogos de renome”, considerou João Ponte, acrescentando que “tudo isso resulta de uma estratégia acertada e do aproveitamento de um conjunto de incentivos públicos e privados que têm permitido um desenvolvimento sem paralelo deste sector no Pico, com vantagens económicas, criação de emprego e riqueza”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 12 a 18 Julho 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações mais frequentes de novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.