Início / Inovação / Açores apresenta estratégia de investigação e inovação na Madeira

Açores apresenta estratégia de investigação e inovação na Madeira

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O director Regional da Ciência e Tecnologia dos Açores, Nelson Simões, diz que a aposta em projectos europeus que se focam na inovação, no desenvolvimento e no conhecimento permitirá “reforçar o posicionamento das Regiões Ultra-periféricas na economia europeia”.

Nelson Simões falava no Fórum Agroalimentar, no Funchal, promovido pela Plataforma Tecnológica Multissetorial da Macaronésia, que integra as regiões dos Açores, Madeira e Canárias, onde apresentou a Estratégia de Investigação e Inovação para a Especialização Inteligente (RIS3) da Região Autónoma dos Açores, que identifica o sector agrícola como uma das três áreas prioritárias de investimento e inovação, “representando mais valor para a economia regional”.

Segundo o director Regional, este evento “foi útil para a troca de experiências e para o intercâmbio de conhecimento”.

“A participação em sessões de networking entre os parceiros envolvidos neste projecto europeu de âmbito multi-sectorial, neste caso focado no sector agro-alimentar, é muito importante para a discussão sobre a transferência de conhecimento e de tecnologias”, frisou.

Nelson Simões salientou o interesse do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia em integrar a Plataforma Tecnológica Multissetorial da Macaronésia, defendendo que pode “proporcionar aos investigadores e às empresas dos Açores maiores possibilidades de participar em projectos europeus”.

O Fórum Agroalimentar e a Plataforma Tecnológica da Macaronésia tiveram a sua génese em 2000, no Conselho Europeu de Lisboa, onde foi delineada a denominada Estratégia de Lisboa, visando tornar a economia europeia mais competitiva e dinâmica à escala global, capaz de gerar crescimento económico sustentável e mais emprego especializado, contribuindo para a coesão social através de uma economia de conhecimento.

Na sequência desta estratégia, foi apresentada em Maio deste ano a Plataforma Tecnológica Multissetorial da Macaronésia, liderada pela Universidade de La Laguna, que integra as universidades da Madeira e dos Açores, a ASINTE, o Cluster Marítimo das Canárias, a Fundação Gaspar Frutuoso, a ARDITI e o Ministério de Ensino Superior de Cabo Verde, aos quais se juntará o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, dos Açores.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Bluegrowth cria linha de apoio para relançamento da Economia do Mar pós Covid-19

Partilhar            A Bluegrowth, consultora de inovação tecnológica para os assuntos do mar, lançou uma linha de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.