Início / Agricultura / Açores apostam nas energias limpas com construção de novo secador solar para produção de chá 
Foto: Chatron

Açores apostam nas energias limpas com construção de novo secador solar para produção de chá 

O Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, acaba de celebrar um protocolo com vista à construção de um novo secador solar, destinado à produção de chá no Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel (SDASM).

Inserido no Plano Regional Anual para 2021 e enquadrado na Acção 6.1.19 – Investigação para a Valorização dos Produtos das Agroindústrias, o “recurso a esta forma inovadora de secagem, sob o ponto de vista da sustentabilidade energética, confere ao produto final — no caso o chá — uma particularidade de grande interesse”, refere uma nota de imprensa do Executivo açoriano.

A par deste estudo da eficiência do secador solar, a quantidade de chá produzido no SDASM tem aumentado, resultado de práticas de culturas adequadas, pelo que a capacidade do actual secador começa a revelar-se insuficiente, avança a mesma nota.

Assim sendo, “as vantagens ambientais da sua utilização e as potencialidades de um tal equipamento para a desidratação de muitos outros produtos agroalimentares são evidentes”.

“É de salientar, também, que o uso regular deste secador permite ao SDASM, com bastante segurança, identificar as melhorias necessárias para o tornar mais eficiente. Desta forma nasce a necessidade de construir um novo secador solar, inspirado no actual, no qual se pretende aumentar a capacidade de secagem, a eficiência de secagem, a polivalência e facilidade de utilização”, realça o Governo Regional dos Açores.

Com a construção de um novo secador solar (Secador solar Versão 2) o Executivo açoriano pretende estudar um novo modelo com capacidade para secar maior quantidade de produto concomitantemente em menos tempo e melhorar a sua eficiência através do aumento da superfície de exposição solar e do isolamento e inércia térmica.

Simultaneamente, pretende estudar o processo de secagem de outros produtos agroalimentares, por exemplo chá prensado ou mesmo desidratação de frutos, recorrendo a este equipamento inovador e sustentável.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Suínos, ruminantes e aves de produção em debate nas II Jornadas Técnicas Vetlima

Partilhar              As II Jornadas Técnicas Vetlima realizam-se nos dias 2, 3, 6 e 7 de Junho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.