Início / Featured / Acordo de Paz Social alcançado no Porto de Lisboa

Acordo de Paz Social alcançado no Porto de Lisboa

Foi alcançado um acordo de paz social entre o Sindicato de Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal e os Operadores Portuários de Lisboa. O acordo foi conseguido na sexta-feira, dia 8 de Janeiro, informa a Administração do Porto de Lisboa.

Dando cumprimento ao despacho da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, a Administração do Porto de Lisboa coordenou a negociação, que permitiu este acordo base que coloca um ponto final à greve, adianta a mesma fonte.
Este acordo “significa um virar de página, só possível com o empenhamento das partes envolvidas e esforço no diálogo, que irá permitir iniciar um novo ciclo de estabilidade e crescimento no Porto de Lisboa”, diz o comunicado da APL.

E adianta que este acordo “põe fim às formas de luta laboral em curso e estabelece as bases de negociação para um novo Contrato Colectivo de Trabalho, que deverá estar concluído até final do próximo mês de Fevereiro, pondo fim a um conflito laboral que se arrastava há mais de três anos”.

Fica sem efeito o pré-aviso de greve entregue pelo sindicato dos estivadores e que vigorava até ao final deste mês.

Há quase três anos que se vivia uma situação de instabilidade laboral no Porto de Lisboa e pelo menos desde o ano passado que se arrastavam negociações para um novo contrato colectivo de trabalho.

A ministra já garantiu que um novo acordo vai ser negociado até ao final do próximo mês. Ana Paula Vitorino adianta também que os estivadores vão retirar todos os pré-avisos de greve no Porto de Lisboa.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Presidente da Confagri: “é urgente que Governo diga se vai revogar passagem das DRAP para as CCDR”

Partilhar              O presidente da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas, Idalino Leão, já esteve reunido …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.