Início / Agricultura / A cultura da groselha: tudo o que deve saber sobre a instalação deste pequeno fruto

A cultura da groselha: tudo o que deve saber sobre a instalação deste pequeno fruto

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

A cultura da groselha é considerada para muitos uma cultura emergente. Actualmente, este pequeno fruto é cultivado em quase todo o continente europeu, no norte do continente asiático e em outras zonas do globo terrestre, embora com menor expressão.

Em Portugal, as culturas da groselha têm vindo a crescer substancialmente nos últimos anos sendo por isso considerada uma cultura emergente. Por possuir uma boa cotação no mercado, existem cada vez mais interessados em saber mais sobre esta cultura, produção e informações sobre a sua instalação. Nesse sentido, neste novo artigo partilharei consigo alguns esclarecimentos mais importantes que deve reter caso esteja interessado em iniciar-se nesta cultura.

Características da groselheira

A groselheira, cujo nome científico é Ribes Rubrum L., pertence à família Grossulariácea e ao género Ribes. Existem essencialmente três variedades comerciais, nomeadamente a Coreosma (groselha preta),  a Ribesia (variedades de groselha vermelha oriundas da zona Ocidental Europeia e da Escandinávia) e a Grossularia (variedade com presença de espinhos no caule). Morfologicamente, a groselheira é caracterizada por ser um arbusto composto por folhas caducas e vários caules semi-erectos que dependendo das variedades podem atingir uma altura de até 2 metros. Quanto ao sistema radicular, a groselheira possui raízes superficiais, com pouca espessura e que por essa razão acabam por se danificar muito facilmente (sendo muito importante ter cuidado com as operações culturais nesta cultura).

Quanto às flores da groselheira (auto-férteis e em forma de inflorescência em cacho), estas têm origem dos gomos terminais nos rebentos do caule principal e nos ramos secundários, nos anos seguintes.  A coloração das flores da groselheira também depende da variedade escolhida sendo verde em variedades comerciais de groselheira vermelha e flores com coloração vermelha e rosa no caso de variedades de groselheira preta. Estas flores são polinizadas através de insectos como sirfídeos.  Os frutos desta cultura são designados na maioria dos casos como pseudobagas (durante a frutificação o tubo floral desenvolve-se em conjunto com o ovário da flor).

Exigências edafoclimáticas da groselheira

Falemos agora das principais exigências edafoclimáticas que deve garantir para o bom crescimento e desenvolvimento deste pequeno fruto.

No que diz respeito ao clima, as groselheiras são sensíveis a temperaturas elevadas e necessitam de longas horas de frio (período de frio) de forma a quebrarem a dormência. Por serem também sensíveis à factores climatéricos como a exposição solar e o vento, devem ser plantadas em locais que sejam expostos a norte ou nordeste. Dessa forma, serão mais facilmente minimizados os danos provocados pelo calor e exposição solar excessivos.

Devido a estes “requisitos climáticos”, as groselheiras estão bem-adaptadas às regiões mais frias do nosso país como é o caso do Norte e Centro de Portugal.  As características climatéricas destas zonas do país podem até ser benéficas (com excepção das geadas) pois permitem anteceder a época de produção e maturação das groselhas produzidas.

Tal como referido anteriormente, as groselheiras necessitam de um período de frio para quebrar a dormência fisiológica da planta e posterior floração na Primavera. Por essa razão, e consoante a variedade de groselheira que escolher para produzir, este pequeno fruto necessitará de 1000 a 1200 horas de frio. Embora a groselheira seja até bastante tolerante a temperaturas baixas, no caso de verificar temperaturas negativas extremas pode ocorrer quebra da produtividade da planta.

No mesmo sentido, temperaturas demasiado altas e uma exposição solar intensa provocarão nas folhas e frutos das groselheiras danos consideráveis (ex: escaldão dos frutos e danos nas folhas).

Apesar de estarem bem-adaptadas às regiões chuvosas, as suas necessidades hídricas não são muito elevadas- sendo o período de maturação dos frutos uma das fases da cultura onde estas necessidades são mais evidentes.  A existência de ventos fortes pode também revelar-se prejudicial no desenvolvimento da cultura, causando danos consideráveis.  No entanto, se a circulação de ar for moderada poderá revelar-se benéfica para a diminuição de danos causados por exposição solar intensa e temperaturas elevadas, minimizando o aparecimento de doenças nas suas folhas. Proteja as suas groselheiras com redes de sombreamento.

No que diz respeito às condições edáficas, as groselheiras não são muito exigentes podendo ser cultivadas em condições de solo bastante distintas. As condições preferíveis para o cultivo de groselheiras são solos bem drenados, profundos, com uma boa capacidade de retenção de água, com teor de matéria orgânica considerável e com textura limosa a arenosa. No que diz respeito à acidez, a groselheira prefere solos moderadamente ácidos devendo ser evitado o seu cultivo em  solos alcalinos onde se verifica um défice de micronutrientes maior.

Ciclo biológico da cultura da groselha

O ciclo anual da groselheira pode dividir-se da seguinte forma: dormência (de Setembro a Fevereiro), floração (de Março a Maio), formação dos frutos (de Abril a Junho) e a maturação dos frutos (de Maio a Julho). O desenvolvimento da groselheira consoante a fase onde se encontra depende da variedade comercial escolhida, razão pela qual se verifica que estas fases anteriormente identificadas ocorrem muitas vezes mais precocemente ou tardiamente consoante a variedade escolhida.

A entrada da groselheira em floração por exemplo depende em grande parte das condições ambientais existentes (beneficia de fotoperíodos curtos) e da sua localização geográfica(ex: latitude).

Pelo facto de a maioria das variedades de groselheiras serem autoférteis não necessitam de polinizadores. Contudo, tendo em conta vária bibliografia existente, a utilização de polinizadores como abelhas (polinização cruzada) poderá originar frutos com maior calibre e produtividades superiores especialmente na variedade da groselha vermelha.

O que deve saber sobre a produção e instalação da cultura da groselha

Se pretender instalar a cultura da groselheira numa ou em várias parcelas suas, saiba que pode fazê-lo ao ar livre ou em cultura protegida, caso pretenda antecipar a colheita.

No que diz respeita à condução da groselheira, os métodos mais usados são a condução em arbusto (método natural) ou em cordão (permite uma maior circulação de ar e facilita a colheita).

Antes de proceder à instalação da cultura, é essencial que faça uma boa preparação do solo para garantir que esta cultura se desenvolve correctamente. Posteriormente, instale o sistema de rega que aconselho que seja gota-a-gota com fertirrigação (se possíveis ambos automáticos).

No momento da instalação, opte por um compasso de plantação que oscile entre os 0,5a 0,75 metros entre as plantas na linha e de 2,5 m na entre linha (consoante a variedade escolhida).

A manutenção da cultura da groselha

Após a plantação, é importante que não descure as operações culturais de manutenção da groselheira pois estas pretendem melhorar as condições produtivas da plantação.

É fundamental que não se esquece de efectuar as podas que podem ser realizadas em períodos distintos como por exemplo a poda de Inverno  e da poda verde de Primavera/Verão  (especialmente realizada para eliminar os rebentos dos troncos, desponta, etc.

Outras práticas culturais como a correcção de pH e matéria orgânica, controlo da rega e fertirrigação através do sistema de rega são também fundamentais para o correcto desenvolvimento desta cultura.

O controlo de pragas e doenças que afectam o seu pomar, a eliminação das plantas infestantes e a protecção destas plantas de forma a reduzir possível danos causados pela exposição solar e vento excessivos a partir do final do Inverno são também práticas que deve considerar para maximizar a sucesso produtivo deste pequeno fruto.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Açores já têm formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar animal na produção de leite e carne

Partilhar            A Região Autónoma dos Açores já tem formados os primeiros 18 auditores para o bem-estar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.