Início / Empresas / 62% da produção de electricidade em Portugal teve origem renovável em Novembro de 2021

62% da produção de electricidade em Portugal teve origem renovável em Novembro de 2021

A ADENE – Agência para a Energia informa que as baixas temperaturas provocaram uma subida no consumo de electricidade no mês de Novembro de 2021, tendo-se registado um aumento do consumo de energia eléctrica de 4,0% face ao período homólogo.

Ao nível da produção de electricidade, 62% teve origem em fontes renováveis (31,2% eólica, 20,5% hídrica, 6,8% biomassa e 3,4% fotovoltaica), avança o Observatório da Energia, plataforma digital desenvolvida e gerida pela ADENE, que disponibiliza informação relevante sobre o sector da energia em Portugal.

A energia eólica atingiu o valor máximo deste ano (em percentagem), com 31,2%. Os combustíveis fósseis representaram os restantes 38% da produção (35,6% gás natural, 1,8% carvão e 0,6% outra térmica).

Agência para a Energia

A ADENE é uma pessoa colectiva de tipo associativo com estatuto de utilidade pública que tem por finalidade promover e realizar actividades de interesse público na área da energia e seus interfaces com outras políticas sectoriais, em articulação com as demais entidades com atribuições nestes domínios, e ainda promover e realizar actividades de interesse público nas áreas do uso eficiente da água e da eficiência energética na mobilidade.

A Agência para a Energia conta ainda com outras atribuições, como colaborar com os organismos da Administração Pública na execução de actividades essenciais à concretização de políticas e medidas para o sector da energia, incluindo a eficiência energética na mobilidade, e suas interfaces com outros sectores, bem como à concretização de políticas e medidas para o sector do ambiente relativas ao uso eficiente da água.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Captura de de pescado aumenta 67% em Novembro de 2021

Partilhar               O volume de capturas de pescado em Portugal, em Novembro de 2021, aumentou 66,7% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.