Início / Empresas / 4.000 colaboradores do Santander Totta fazem exames em dez universidades portuguesas

4.000 colaboradores do Santander Totta fazem exames em dez universidades portuguesas

Os exames dos colaboradores do Santander Totta relativos à formação da DMIF II, que se iniciaram na passada semana prolongam-se até 12 de Dezembro numa dezena de universidades portuguesas.

São 4.000 colaboradores que se apresentam a exame sobre a Directiva dos Mercados de Instrumentos Financeiros (DMIF) II, a qual entra em vigor em 2018.

O programa de formação realizado em parceria com o Instituto de Formação Bancária, incide sobre 11 módulos de conteúdos para os modelos de Informação (80 horas) e Aconselhamento (130 horas). Este programa arrancou em Julho e foi baseado num modelo de formação simples e flexível para os colaboradores do banco, através do sistema de formação do banco, mas também com possibilidade de acesso através da Internet.

Disponibilizados materiais de estudo

“Para um acompanhamento adequado da DMIF II, foram disponibilizados aos colaboradores vários materiais de estudo, tendo os 11 Módulos sido leccionados em E-learning com as sessões de formação presencial em modalidade broadcast. Os exames dos colaboradores do Banco serão feitos em 10 universidades portuguesas, com cerca de 100 sessões programadas até 12 Dezembro”, explica um comunicado do banco.

Destaque para as 10 universidades que vão acolher os colaboradores do Santander Totta para a realização dos exames: Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Superior Técnico, Universidade da Madeira, Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Évora, Universidade do Algarve, Universidade do Porto, Universidade dos Açores, Universidade Nova de Lisboa.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Bolsa do Porco – Semana 32/2022 – 2,347€ (Subida de 0,020€)

Partilhar              Análise da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores Mercado europeu A Alemanha ia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.