Início / Agenda / 38ª Ovibeja arranca a debater “Como Alimentar o Planeta?”. Já tem expositor?

38ª Ovibeja arranca a debater “Como Alimentar o Planeta?”. Já tem expositor?

A 38ª Ovibeja decorre de 21 a 25 de Abril, em Beja, tendo como tema principal “Como Alimentar o Planeta?”. Uma organização da  ACOS – Associação de Agricultores do Sul, que pretende realçar “a soberania alimentar e a cultura de excelência e do conhecimento como pontos de partida para uma reflexão alargada”.

Se pretende ter um expositor na 38ª Ovibeja, ainda está a tempo e pode inscrever-se aqui.

Um dos pontos altos da Feira é o Concurso Internacional de Azeite Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja, cujos elementos do Júri vão reunir-se nos dias 31 de Março e 1 de Abril para apreciar cerca de uma centena de azeites provenientes dos quatro cantos do Mundo.

Como Alimentar o Planeta?

A cerimónia da entrega dos prémios do Concurso, agendada para o dia 23 de Abril, às 12h00, acontece a seguir ao seminário da responsabilidade da ACOS – Associação de Agricultores do Sul sobre “Como Alimentar o Planeta?” com início previsto para as 10h30 do dia 23.

“Os agricultores enquanto guardiões da ruralidade, a cultura de excelência e do conhecimento, a eficiência, a soberania alimentar são alguns dos pontos de partida para uma reflexão alargada sobre esta temática”, refere a organização da Feira.

Confirmados estão já as presenças de António Serrano, professor catedrático e antigo ministro da Agricultura, Paulo Portas, Professor universitário e antigo ministro, e Pedro Fevereiro, investigador responsável do Laboratório Colaborativo InnovPlantProtect.

Foi também endereçado um convite a um representante da FAO, que aguarda confirmação de disponibilidade. No mesmo dia está ainda previsto um debate sobre: “Proteger as culturas para alimentar o mundo: dos micro-organismos do solo às técnicas de monitorização das pragas e doenças”, da responsabilidade do Laboratório Colaborativo InnovPlantProtect.

Colóquios e reflexão

Com a maioria dos colóquios a reflectir, directa ou indirectamente, sobre a temática central da 38ª Ovibeja, são várias as entidades a prestar contributos para uma mais alargada abordagem sobre esta problemática.

“Presente e futuro do montado, sistema único no âmbito alimentar e ambiental” é o tema a abordar no dia 21, pelo Centro de Competências do Porco Alentejano e do Montado. Filipe Duarte Santos, Pedro Rocha, Pedro Reis são os oradores deste colóquio.

“Agricultura de precisão e digitalização, desafios, tendências e oportunidades” é a temática a apresentar, no dia 22, pelo Centro de Competências InovTechAgro. No mesmo dia o Centro de Competências para as Alterações Climáticas do Sector Agro-Florestal coloca em cima da mesa o tema “Alterações climáticas – como nos adaptarmos para alimentar o planeta”.

No dia 25 o Centro de Competências do Pastoreio Extensivo apresenta para reflexão “o sabor da pecuária extensiva” e “a pecuária extensiva e a sustentabilidade”.

Outra das muitas temáticas colocadas em debate é “O regadio no desafio da alimentação mundial”. Este colóquio, agendado para o dia 21, é da responsabilidade da Fenareg – Federação das Nacional de Regantes.

Amendoal português

Outro dos temas já confirmados para a 38ª Ovibeja é sobre o “Amendoal português – desafios e oportunidades”, da responsabilidade do Cebal – Centro de Biotecnologia Agroalimentar do Alentejo, que organiza ainda outro colóquio sobre o projecto Val+Alentejo – aspectos nutricionais como forma de valorizar os produtos dos pequenos ruminantes do Alentejo”. É ainda da sua responsabilidade o colóquio sobre “Como a biomassa pode contribuir para alimentar o Mundo?”.

“Pecuária de Baixo Carbono (PBC) e Certificação do bem-estar animal – Welfair” é o tema lançado pela Agricert no dia 21.

No dia 22, “A agenda verde europeia. Sustentabilidade da agricultura e soberania alimentar” é o tema colocado em cima da mesa pela PRA – Raposo Sá Miranda e Associados. Digitalização e práticas agro-ecológicas na promoção da saúde das plantas e do solo – o contributo das tecnologias do projecto PestNU na transição para a sustentabilidade da agricultura” é a reflexão sugerida pela Apemeta – Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais.

Muitos outros temas estão em preparação para debate e reflexão na 38ª Ovibeja, num programa em construção que pode ser acompanhado aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

PS Açores acusa Governo Regional de falhas na gestão das quotas pesqueiras

Partilhar              O Partidos Socialista (PS) dos Açores entregou um requerimento ao Governo Regional dos Açores, intitulado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.