Início / Agricultura / 25.000 pessoas de 108 países participaram este ano na ONE Alltech Virtual Experience
Mark Lyons CEO da Alltech

25.000 pessoas de 108 países participaram este ano na ONE Alltech Virtual Experience

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ONE Alltech Virtual Experience, devido à Covid-19, realizou-se este ano online, de 23 a 25 de Maio. E participaram 25.000 pessoas de 108 países. Se não se inscreveu neste evento mundial, veja aqui algumas das inovações apresentadas.

Mas saiba que esta experiência vai continuar com conferências mensais até final de 2020, garante Mark Lyons, presidente e CEO da Alltech: Julho – Tecnologia aplicada à agricultura; Agosto – Agronegócio na Ásia; Setembro – Equinos; Outubro – Aquacultura; Novembro- Agronegócio em África; Dezembro – Retrospectiva do negócio e das mudanças ocorridas em 2020 para projectar o futuro.

Crise no leite

Durante a ONE Alltech Virtual Experience deste ano, o analista Torsten Hemme, da IFCN Dairy Network, afirmou na sua palestra que 2020 será um ano de crise para o sector do leite. Apesar de em muitos países os produtores não sentirem ainda a descida do preço, no 3.º trimestre esse será o cenário mais provável, devido ao desequilíbrio entre procura (em baixa) e oferta (em alta). A crise poderá ser mais grave do que a sentida em 2009, alerta este especialista. A recuperação acontecerá em 2021 e em 2022 os preços voltarão a subir. Historicamente, a cada 10 anos há 2 ou 3 anos de crise no sector do leite.

“E se os Agricultores fossem Pagos para Combater as Alterações Climáticas?”. Esta foi a pergunta lançada por Frank Mitloehner, Professor e especialista em qualidade do ar no Departamento de Ciência Animal da Universidade de Califórnia, que fez uma apresentação sobre “Limpar o ar: Desmistificar os mitos da agricultura”.

Agricultura e sustentabilidade

No mesmo evento, Jack Bobo, CEO da Futurity Food, deixou algumas pistas sobre como melhorar a agricultura para alimentar de forma sustentável 10 biliões de pessoas em 2050. “Precisamos de produzir mais alimentos nos próximos 50 anos do que produzimos nos últimos 10.000 anos. É um enorme desafio”, disse acrescentando que “sustentabilidade global é priorizar a agricultura intensiva numa região para proteger o Ambiente noutro local. Sustentabilidade é uma viagem, não um destino”.

Segundo Jack Bobo, “40% da terra do Mundo já é usada pela agricultura. O impacto de usar mais 20% a 30% de terra para produzir a mesma quantidade de alimentos seria devastador. (…) A Ciência e a tecnologia vão ajudar-nos a chegar lá. Devemos trabalhar juntos para resolver o problema. Se fizermos isso, podemos salvar o Planeta”.

Consumidor pós Covid-19

Já Jessica Adelman, ex-vice-presidente de assuntos corporativos da cadeia de supermercados Kroger, relevou as tendências do consumo e do comércio alimentar, afirmando que “precisamos de ser criativos porque a maioria das pessoas está a optar por fazer as refeições em casa. (…) Com a crise do Covid-19 estima-se que no 2.º semestre de 2020, cerca de 100 biliões de dólares transitem do canal Horeca para o retalho nos EUA”.

Jessica Adelman acredita que “vai haver um boom nas vendas online de produtos alimentares. Nos meses de Março e Abril o e-commerce aumentou de 8% nos EUA e 32% da região Ásia-Pacífico. (…) O Covid-10 reorientou o nosso foco para importância da alimentação num estilo de vida saudável. (…) Podemos estar num ponto de viragem em que os consumidores permitam o regresso da Ciência ao debate da agricultura, alimentação e nutrição. A crise do Covid-19 levou os consumidores a valorizar o papel dos cientistas e médicos na segurança alimentar”.

Novo tratamento para a diabetes

Mas a ONE Alltech Virtual Experience não tratou apenas do agronegócio. A inovação foi debatida mas mais variadas áreas. Ronan Power, vice-presidente e chief scientific officer da Alltech, revelou que “na Alltech Life Sciences descobrimos e desenvolvemos uma alternativa oral à hormona insulina, ou seja, um novo tratamento para a diabetes tipo 1 e tipo 2”.

Trata-se de uma molécula (#43) que consegue abrir a porta de entrada das células à glucose, sem precisarmos de insulina, mesmo quando as “fechaduras” (receptores de insulina) estão avariadas. “Conseguimos ultrapassar o défice de produção de insulina pelo organismo e a sua resistência à insulina”, garantiu Ronan Power. Saiba mais aqui.

Já Mathew Dawson, médico, CEO e fundador Wild Health, levantou o véu sobre o futuro da Medicina baseada na genómica: “acreditamos que chegou a era da Medicina de precisão, personalizada, com tratamentos que levam em conta o código genético único de cada um de nós”. descubra a Wild Health aqui.

Saiba mais sobre a ONE Alltech Virtual Experience aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo inaugurado no navio Gil Eannes

Partilhar            O Museu Virtual da Memória Marítima de Viana do Castelo foi inaugurado na ré do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.