Início / Agricultura / 15 ideias de negócio apresentadas no encerramento do COHiTEC 2015

15 ideias de negócio apresentadas no encerramento do COHiTEC 2015

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Drones que inspeccionam o mar em busca de peixe, suplementos alimentares feitos de microalgas e um dispositivo médico para um diagnóstico mais rápido de ataques cardíacos.

Ficção? Não, são 3 das 15 ideias de negócio apresentadas na sessão de encerramento do Programa COHiTEC, que têm por base ciência desenvolvida em instituições de investigação e desenvolvimento (I&D) portuguesas. A inovação made em Portugal não pára. E esta é a prova da aproximação das universidades às empresas, à aplicação empresarial da investigação.

Tudo começou no laboratório. Mais precisamente, nos laboratórios das universidades de Aveiro, Coimbra, Évora, ISCTE-IUL, Lisboa, Nova de Lisboa e Porto, no Instituto de Telecomunicações, no Laboratório Nacional de Energia e Geologia e nas empresas AdaptTech e EngiScience. No total, 48 investigadores desenvolveram durante meses, na maior parte dos casos anos, tecnologias inovadoras.

Foram essas 15 tecnologias inovadoras que participaram no Programa COHiTEC, uma acção de formação promovida pela COTEC Portugal que visa avaliar o potencial comercial de tecnologias desenvolvidas em Portugal. Durante 4 meses, 14 estudantes de gestão e 33 mentores juntaram-se aos investigadores e, após sessões intensas de formação, seminários e reuniões de equipa, desenvolveram um projecto de negócios para cada uma das 15 tecnologias participantes.

No dia 14 de Julho, as ideias de negócio foram apresentadas ao público, no âmbito da sessão de encerramento do Programa COHiTEC 2015, que teve lugar no Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, em Lisboa.

Os projectos COHiTEC 2015

bOptimum: bware of your costs, bsmart, bOptimum (Universidade de Aveiro)

Software de suporte à decisão que permite uma melhor gestão dos sistemas de abastecimento de água, poupando significativamente nos custos de operação destes sistemas. Utilizando um sistema de monitorização em tempo real acoplado a um modelo virtual da rede, o software é capaz de prever os consumos de água, detectar perdas e calcular as opções óptimas de controlo para todas as bombas e válvulas, garantindo os requisitos da rede.

Cool/Digest: CoolMeat – aprecie um bom e tenro bife! (Universidade de Aveiro)

CoolMeat é uma enzima destinada aos produtores de carne que utilizam processos de amaciamento de carne. A enzima permite um processo alternativo de amaciamento da carne, que é altamente eficaz, seguro e permite um controlo do processo de amaciamento.

InovCarbon: Materiais nanoporosos projetados para si (Universidade de Lisboa – Faculdade de Ciências/EngiScience)

Transformação de diferentes tipos de resíduos de biomassa em carvões activados para remoção de compostos tóxicos em produtos alimentares, água potável e produtos farmacêuticos, aumentando a qualidade dos produtos purificados.

MicroTec Intelligent Food: Proteína Universal para suplementos (Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico/Laboratório Nacional de Energia e Geologia)

Novo processo de cultivo de microalgas que permite extrair, com elevada produtividade, uma proteína biológica, com sabor neutro e sem glúten, com aplicações potenciais na indústria nutracêutica, especificamente nos suplementos de nutrição desportiva.

Ocean Swarm: Grupos de Robôs Autónomos de Superfície  (ISCTE-IUL/Instituto de Telecomunicações)

Desenvolvimento de sistemas compostos por um grande número de robôs aquáticos de superfície, autónomos e relativamente baratos, que podem substituir os actuais navios tripulados nas missões de recolha de dados no mar.

Predict4Growth: Prever o futuro para criá-lo! (Universidade de Évora)

Serviço destinado aos produtores de sementes que permite prever de forma eficiente o crescimento das plantas em termos de biomassa e reduzir o número de plantas que necessitam de ser testadas em campo.

AdaptTech: Tecnologias de adaptação (AdaptTech)

Solução inteligente de adaptação para próteses dos membros inferiores, que é capaz de identificar problemas na interface coto-encaixe, avaliar o nível de adaptação e sugerir as modificações necessárias para maximizar o conforto dos pacientes amputados.

Anti-malarials: Prevenir a malária sem efeitos secundários (Universidade de Lisboa – Instituto de Medicina Molecular)

Novo profiláctico para a Malária composto por moléculas antioxidantes aprovadas para uso humano que atenuam os parasitas da malária. Os compostos utilizados são conhecidos por terem efeitos adversos muito reduzidos, tornando-os adequados para a prevenção de longa duração.

B2S: A nova geração de soluções para o osso (Universidade do Porto – INEB – Instituto Nacional de Engenharia Biomédica)

Solução terapêutica para o tratamento da osteomielite, uma inflamação óssea que afecta 150 milhões de pessoas todos os anos. A solução desenvolvida permite melhorar a forma de tratamento da osteomielite, através da entrega de um antibiótico no local da infecção e do estímulo à formação de osso novo.

DAILA: Diagnóstico Precoce do HIV

Desenvolvimento de um dispositivo médico que visa diagnosticar a infecção por HIV de forma precoce, rápida e simples.

MDID: Molecular Diagnostics for Infectious Diseases (Universidade de Lisboa – Faculdade de Medicina Veterinária e Instituto de Medicina Molecular)

Criação de um laboratório para detecção e identificação de microrganismos patogénicos e da resistência aos antimicrobianos directamente a partir de amostras biológicas humanas em menos de 24h.

MedInfusion: Providenciar uma viagem segura durante a anestesia (Universidade do Porto – INESC TEC e Faculdade de Engenharia)

Dispositivo médico que apoia os anestesistas no processo de infusão da anestesia, através de um método adaptativo único capaz de customizar o processo de infusão para ajustar a dose de anestesia às necessidades reais de cada paciente, em cada cirurgia.

NanoPlex: Combater o cancro com nanomedicina inteligente (Universidade de Lisboa – Faculdade de Farmácia)

Sistema nanoterapêutico multifacetado para o tratamento do cancro do pulmão de pequenas células, administrado pela via pulmonar. Esta tecnologia não invasiva e dirigida especificamente para as células tumorais, aumenta a eficácia terapêutica e evita a acumulação de fármaco citotóxico em órgãos não alvo, reduzindo a ocorrência de efeitos secundários.

PermeAbility: Na senda de um novo marcador, a permeabilidade intestinal (Universidade de Coimbra – CNC.IBILI/Universidade Nova de Lisboa – CEDOC)

Kit médico para a análise da permeabilidade intestinal, um biomarcador de estados iniciais em doença, nomeadamente em doenças metabólicas como a diabetes e a obesidade.

SUMTHINK: Right on time (Universidade de Aveiro / Centro Hospitalar do Baixo Vouga)

Dispositivo médico para um diagnóstico mais rápido e preciso do Enfarte Agudo do Miocárdio. O sistema permite a detecção rápida através da análise de uma gota de sangue, graças a um sistema inovador com nanopartículas que permite limites de detecção mais baixos.

Inovação na COHiTEC

O Programa COHiTEC é uma iniciativa da COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação, que conta com o apoio da Caixa Geral de Depósitos e da Caixa Capital, conducente ao investimento em duas startups por ano com 100 mil euros cada, e é realizada em parceria com o Centro HiTEC da North Carolina State University, a Porto Business School e o INDEG-IUL ISCTE Executive Education.

Desde a sua criação em 2004, já participaram no Programa COHiTEC 136 projectos, num total de mais 600 participantes. Até à data, os projectos de negócio apoiados pelo COHiTEC deram origem a 26 empresas de base tecnológica e vocação global. Em 2014 os projectos seleccionados para o investimento da Caixa Capital foram a Biomimetx e a Nanoinspire.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Docapesca investe 180 mil euros para reabilitar Lota da Nazaré

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas adjudicou a empreitada de reabilitação da Lota da Nazaré …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.