Início / Featured / Vista de António Costa: Portugal e Moçambique têm uma “relação única”

Vista de António Costa: Portugal e Moçambique têm uma “relação única”

Portugal e Moçambique têm uma “relação única”, afirmaram o primeiro-ministro António Costa e o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, no final da visita oficial do Chefe do Governo português ao país irmão. Ambos agradeceram também o apoio mútuo nos períodos de crise económica e financeira de Portugal e Moçambique.

No banquete de António Costa em honra ao Presidente Nyusi, retribuindo o que lhe fora oferecido na noite anterior, o primeiro-ministro recordou uma frase que ouviu a crianças de São Tomé e Príncipe e que deve sintetizar o espírito das relações entre os países lusófonos.

“A distância separa-nos, mas a amizade une-nos”

“Vizinhos de tão longe, mas amigos de tão perto e esta é a relação que nós temos. A distância separa-nos, mas a amizade une-nos”, disse, acrescentando que esta tem de ser a base sobre a qual Portugal e Moçambique têm de continuar a construir uma parceria estratégica “virada para o futuro”.

Na resposta, o Presidente Filipe Nyusi afirmou que as conclusões da III Cimeira bilateral o deixaram com um sentimento de “missão cumprida” e com a certeza de que a visita de António Costa reforçou “uma ponte para uma nova era de aproximação entre os dois países”.

Financiar o investimento

O primeiro-ministro destacou, para que haja investimento, a importância do financiamento às empresas e o uso de instrumentos multilaterais, apontando em especial a CPLP, que na sua próxima cimeira – em Cabo Verde, dentro de 15 dias – irá assinar um acordo com o Banco Africano de Desenvolvimento para criação de um fundo dedicado a investimento nos países de língua portuguesa.

“Sair de crises profundas exige esforço, trabalho, persistência e também alguma paciência, mas se há algo que é absolutamente imprescindível é a capacidade de resiliência dos agentes económicos e essa as vossas empresas sempre demonstraram bem, quer em Moçambique quer em Portugal”, disse.

O ministro da Economia e das Finanças de Moçambique, Adriano Maleiane, afirmou que “a realização deste seminário é o culminar do compromisso entre autoridades dos dois países em desenvolver acções mútuas de cooperação empresarial”, referindo que os indicadores de mercado que registam melhorias significativas desde há um ano.

Cooperação com a AICEP

Armando Maleiane destacou a assinatura, no seminário, de um protocolo entre a AICEP — Agência para o Investimento e Comércio de Portugal e a Agência para a Promoção de Investimento e Exportação de Moçambique, afirmando que “Portugal tem sido um dos dez principais investidores estrangeiros em Moçambique, e nos últimos cinco anos financiou cerca de 500 projectos envolvendo investidores privados portugueses e que criaram mais de 28 mil postos de trabalho”.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Docapesca adjudica remodelação da Estação de Tratamento de Água do Porto de Pesca de Sesimbra

A Docapesca adjudicou a empreitada de remodelação da Estação de Tratamento de Água (ETA) do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.