Início / Agricultura / Vinhos Tranquilos da Madeira e Artesanato Regional no evento “Põe-te na Rua”

Vinhos Tranquilos da Madeira e Artesanato Regional no evento “Põe-te na Rua”

O evento “Põe-te na Rua”, numa organização conjunta entre a Junta de Freguesia da Sé e da empresa “culturgrama – dinamização cultural, relações pública e animação”, decorre durante o dia de amanhã, 3 de Novembro, entre as 18h30 e as 22h00, na Rua da Queimada de Baixo, no Funchal.

No âmbito deste evento, o IVBAM — Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, em parceria com 3 empresas de vinhos tranquilos, juntar-se-á a esta iniciativa, mais concretamente, através da realização de provas vínicas comentadas e gratuitas, proporcionadas por uma técnica do IVBAM, sendo que pelas 19 horas, terá lugar no restaurante “Adega da Queimada”, uma apresentação e degustação dos vinhos tranquilos da Madeira (Brancos/Tintos e Rosés), em harmonização com iguarias.

Prova aberta à população em geral

Esta prova, que é aberta à população em geral (limitada a um máximo de 25 pessoas) será uma oportunidade única para conhecer e degustar os referidos vinhos, e apreciar a harmonização de cada um deles com uma “iguaria” diferente, descobrindo assim as características muito particularidades destes vinhos, com realce para a frescura e tropicalidade dos aromas, que reflectem a identidade da Ilha da Madeira.

O artesanato regional estará também representado no decorrer de todo o evento, através da presença de dois artesãos, que demonstrarão a sua arte ao vivo, nomeadamente no que diz respeito às artes e ofícios de Fabrico de Acessórios de Vestuário, Confecção de Bonecos de Pano e Confecção de Artigos de Renda.

Vinhos à prova:

  • Justino’s, Madeira Wines, S.A.: Vinho Branco 2017 “Colombo”
  • Madeira Wine Company, S.A.: Vinho Rosé 2017 “Atlantis”
  • Juvenal Franco – Vinho Tinto 2016 “Boneca de Canudo”

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Governo dos Açores desafia agricultores a diminuir a dependência dos apoios

O director Regional da Agricultura afirmou, na ilha Terceira, que os agricultores devem apostar, cada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.