Início / Empresas / Vila Nova de Gaia já tem supermercado Mercadona. Marcelo esteve lá

Vila Nova de Gaia já tem supermercado Mercadona. Marcelo esteve lá

A Mercadona, empresa espanhola de supermercados, recebeu esta segunda-feira, dia 8 de Julho, a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para apresentar em primeira mão o primeiro supermercado em Portugal e dar a conhecer os detalhes do projecto da Mercadona em Portugal.

A visita decorreu no supermercado de Canidelo, em Vila Nova de Gaia, que abriu as suas portas ao público no dia 2 de Julho, e que tem registado uma grande afluência de “Chefes” (como a empresa denomina os clientes), ao longo da primeira semana de abertura.

Nesta visita marcaram também presença o presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, e a presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, Maria José Gamboa.

Juan Roig, presidente da Mercadona, agradeceu ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a visita às instalações do supermercado de Canidelo, e destacou também que “a abertura deste supermercado no nosso País irmão e vizinho, Portugal, supôs um feito histórico para a empresa”.

Os “Chefes”, clientes

Agradeceu igualmente a todos os colaboradores do supermercado o grande trabalho que estão a realizar para oferecer um excelente serviço aos “Chefes”.

Ao longo da visita, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa mostrou-se surpreendido com o investimento feito pela empresa num tão curto espaço de tempo, fazendo referência ao emprego criado e à perspectiva de abertura de lojas para os próximos anos.

Mercadona em Portugal

Desde que anunciou a sua entrada em Portugal em 2016, a premissa da empresa foi sempre: “ser uma empresa de modelo de qualidade total portuguesa, de origem espanhola e com sede em Valência; e em Portugal, somos portugueses”.

O primeiro grande passo foi a criação da sociedade Irmãdona Supermercados S.A., com domicílio fiscal em Portugal. A empresa tem sede no Porto, onde estão localizados os escritórios centrais, além dos já existentes em Lisboa.

No ano 2019 a Mercadona prevê investir 100 milhões de euros no seu projecto em Portugal, aos quais se somam os mais de 160 milhões de euros investidos até à data, pelo que o investimento global do projecto da empresa ultrapassará os 260 milhões de euros desde que anunciou a sua entrada em Portugal, em 2016.

Construção de supermercados

O investimento destina-se principalmente à construção de supermercados; de um bloco logístico localizado na Póvoa de Varzim (Porto), concluído recentemente numa área total de 50.000 m2 e com duas naves de 12.000 m2, que servirão para o desenvolvimento da actividade logística em Portugal; e ao desenvolvimento do Centro de Coinovação localizado em Matosinhos, um grande laboratório de ideias de 1.000 m2 que ajuda a equipa da Mercadona a definir, em conjunto com os clientes portugueses, o sortido de produtos em Portugal, totalmente adaptado às necessidades deste mercado. Neste centro, as equipas de trabalho estudam detalhadamente os gostos e hábitos de consumo do “Chefe” português.

Além disso, a Mercadona, cujos fornecedores são “muito, muito, muito importantes”, frisa a empresa, colabora com 300 fornecedores portugueses há vários anos, comprou um valor de 203 milhões de euros desde que anunciou o seu projecto em 2016, tendo previsto um valor de compras em 2019 no valor de 90 milhões de euros.

A empresa, que conta actualmente com uma equipa de 900 colaboradores portugueses, prevê alcançar os 1.100 colaboradores até ao final de 2019, continuando com os processos de selecção de todos os postos inicialmente previstos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Arroz: Corteva Agriscience recebe a aprovação da UE para herbicida Rinskor Active

A Corteva Agriscience, empresa líder no sector agrícola ao nível da tecnologia de sementes, protecção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.