Início / Agricultura / Universidade de Coimbra em parecer científico da EFSA sobre avaliação de risco de pesticidas nos solos
Collage - Global Soil Biodiversity Atlas and Joint Research Centre_smaller

Universidade de Coimbra em parecer científico da EFSA sobre avaliação de risco de pesticidas nos solos

José Paulo Sousa, investigador do Laboratório de Ecologia e Ecotoxicologia de Solos, do Centro de Ecologia Funcional da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), participa no Parecer Científico da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (European Food Safety Authority – EFSA) que lança as bases para a nova regulamentação europeia da avaliação de risco de pesticidas nos solos.

Este parecer científico surge na sequência da missão do Painel dos Produtos Fitofarmacêuticos e seus Resíduos (Panel on Plant Protection Products and their Residues – PPR) da EFSA em actualizar os documentos reguladores para análise de risco de pesticidas, e utilizados por todos os Estados-Membros da União Europeia, tendo em conta o novo enquadramento legal e os mais recentes desenvolvimentos científicos na área.

Efeitos sobre a biodiversidade

A avaliação dos efeitos sobre a biodiversidade e o ambiente não é explicitamente tratada no processo actual de avaliação de risco de pesticidas, pelo que é necessário desenvolver metodologia apropriada e cientificamente validada de avaliação de riscos destes compostos no ambiente.

As propostas são feitas tendo em conta a definição de objectivos específicos de protecção para organismos do solo considerados fundamentais na provisão de serviços de ecossistema relevantes em paisagens agrícolas, como estrutura do solo, controle de pragas e biodiversidade, garantindo uma utilização sustentável dos pesticidas nestas áreas.

O parecer está disponível aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

vinha Vindimas CAAR 2

Vinha portuguesa diminuiu 9.000 hectares em 2016

A superfície vinícola mundial manteve-se estável em 2016, ficando-se nos 7,5 milhões de hectares, com …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *