Início / Agricultura / Triquinose em carne de caça maior. Detectada Trichinella em javalis

Triquinose em carne de caça maior. Detectada Trichinella em javalis

Foi detectada a presença de larvas de Trichinella spp., em javalis abatidos em três zonas de caca localizadas nos concelhos de Vinhais e de Bragança. “O consumo de carne obtida destes animais constituium grave risco para a saúde humana”, diz a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária.

A descoberta foi feita no contexto da aplicação do Plano de Vigilância Sanitária em Caca Maior, implementado em colaboração como ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, o INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e com organizações do sector da caça.

A triquinelose é uma doença parasitária transmissível dos animais ao homem através do consumo de carne infectada com larvas do parasita e integra a lista de doenças de declaração obrigatória nacional e a lista de doenças notificáveis à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Para além do homem, os suínos, os solípedes, os javalis e outros mamíferos podem ser infectados por Trichinella spp, alerta fonte do ICNF.

Condicionamentos à comercialização e consumo

Assim, face ao potencial risco associado ao consumo desta carne de caca selvagem quando não é sujeita a inspecção sanitária em estabelecimentos de manipulação de caca selvagem aprovados, a DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária emitiu mesmo uma Nota Informativa (aqui).

Segundo a DGAV, “o consumo de carne obtida destes animais constituium grave risco para a saúde humana”. E adianta que “é expressamente proibida a colocação no mercado, ou a cedência a outrem e a qualquer título, de peças de caça selvagem maior e suas carnes, caso não tenham sido previamente inspeccionadas num ‘estabelecimento de tratamento de caça’ aprovado”.

O autoconsumo de carne de caça maior decorre sob responsabilidade do próprio caçador, devendo estar consciente que esta prática é susceptível de constituir risco para a sua saúde e dos seus familiares, pelo que não se recomenda o consumo destas carnes sem terem sido, primeiro, submetidas a inspecção sanitária, acrescenta aquela Direcção.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Marinha: Resgatados três pescadores ao largo de Sines

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), em articulação …

Um comentário

  1. Augusto Affonso Maciel Pereira

    Sou neto de Portuguêses, com muito orgulho. Sempre que posso vou a Portugal. Acompanho também, as notícias. Cordialmente,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.