Início / Empresas / Thomson Reuters reconhece Galp como empresa líder no sector da energia

Thomson Reuters reconhece Galp como empresa líder no sector da energia

A Thomson Reuters reconheceu a Galp como uma das melhores empresas de energia do Mundo, avaliação que resulta do primeiro estudo global deste tipo e que identifica as empresas cuja performance se destaca num ambiente empresarial desafiante.

A metodologia que suportou o índice 2017 Thomson Reuters Top 100 Energy Leaders foi desenvolvida pelo Thomson Reuters Boston Innovation Lab e baseia-se em oito pilares principais de desempenho: confiança financeira, de gestão e de investidores, risco e resiliência, conformidade legal, inovação, pessoas e responsabilidade social, impacte ambiental, e reputação.

À frente de mais de 1.500 outras empresas de energia

A Galp é uma das empresas cujo resultado final em todos os pilares ultrapassa mais de 1.500 outras empresas de energia em todo o Mundo.

Para Emily Lyons, directora da Thomson Reuters Energy Practice Group, “a liderança no mercado global competitivo de hoje vai para além da folha de balanço e analisa a organização de forma global”.

Aquela responsável acrescenta que “a liderança também é definida por organizações que disponibilizam locais de trabalho saudáveis e seguros, cultivam oportunidades diversas e igualitárias, são inovadoras, possuem redes de fornecedores e clientes geograficamente diversas, e demonstram uma capacidade para reduzir o impacte ambiental”.

“Aplaudimos os líderes desta lista, pois representam a vanguarda actual entre os seus pares, superando os desafios dos negócios com a perspicácia e agilidade para ficar um passo à frente da constante mudança”, refere Emily Lyons.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

APS lança livro sobre “Alerta Máximo” para a questão dos incêndios e a problemática das alterações climáticas

“Alerta Máximo” é o título do novo livro da colecção Seguros e Cidadania, lançado pela …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.