Início / Economia / Taxa de desemprego nos 6,8% em Julho. A mais baixa desde Setembro de 2002

Taxa de desemprego nos 6,8% em Julho. A mais baixa desde Setembro de 2002

A estimativa provisória do Instituto Nacional de Estatística (INE) para a taxa de desemprego de Julho de 2018 aponta para a manutenção do valor do mês anterior, 6,8%. Desde Setembro de 2002 que não era observada uma taxa de desemprego tão baixa.

Quanto a Junho, revela o INE que a taxa de desemprego situou-se em 6,8%, menos 0,2 pontos percentuais (p.p.) que no mês anterior, menos 0,7 p.p. em relação a três meses antes e menos 2,3 p.p. que no mesmo mês de 2017.

Aquele valor representa uma revisão em alta, de 0,1 p.p., da estimativa provisória divulgada há um mês.

Relativamente ao mês precedente, a população desempregada diminuiu 3,0% (menos 10,9 mil pessoas) e a população empregada aumentou 0,4% (mais 20,3 mil pessoas).

População empregada e taxa de emprego

Em Junho de 2018, a população empregada foi estimada em 4.811,6 mil pessoas, tendo aumentado 0,4% (20,3 mil) em relação ao mês anterior (Maio de 2018), 0,7% (32,6 mil) em relação a três meses antes (Março de 2018) e 2,8% (132,3 mil) em comparação com o mesmo mês de 2017. Aquele valor foi revisto em mais 0,1% (6,6 mil) relativamente ao provisório publicado há um mês.

Já em Julho de 2018, a estimativa provisória da população empregada ascendeu a 4.804,0 mil pessoas, diminuindo 0,2% (7,6 mil) em relação ao mês anterior (Junho de 2018) e aumentando 0,3% (14,3 mil) em relação a três meses antes (Abril de 2018) e 2,1% (100,4 mil) em comparação com o mesmo mês de 2017.

Taxa de emprego nos 61,8%

A taxa de emprego situou-se em 61,8%, o que corresponde a um decréscimo de 0,1 pontos percentuais (p.p.) em relação ao mês anterior e a um acréscimo 0,2 p.p. em relação a três meses antes e de 1,4 p.p. em comparação com o período homólogo de 2017.

População desempregada e taxa de desemprego

Em Junho de 2018, a população desempregada foi estimada em 352,4 mil pessoas, tendo diminuído 3,0% (10,9 mil) em relação a Maio de 2018, 8,5% (32,7 mil) em comparação com Março de 2018 e 25,0% (117,6 mil) em relação a Junho de 2017. Aquele valor representa uma revisão em alta, de 1,5% (5,3 mil), da estimativa provisória.

Em Julho de 2018, a população desempregada – cuja estimativa provisória foi de 352,9 mil pessoas – manteve-se praticamente inalterada em relação ao mês anterior (Junho de 2018) e diminuiu 4,2% (15,5 mil) em relação a três meses antes (Abril de 2018) e 23,2% (106,8 mil) em comparação com o mês homólogo.

Também 6,8% em Junho

A taxa de desemprego de Junho de 2018 situou-se em 6,8%, tendo tido uma revisão de mais 0,1 p.p. relativamente à estimativa provisória divulgada há um mês. Ter-se-á de recuar até Setembro de 2002 para se encontrar uma taxa inferior a esta. A referida taxa de desemprego diminuiu 0,2 p.p. em relação ao mês anterior, 0,7 p.p. comparativamente a três meses antes e 2,3 p.p. em relação a um ano antes.

Em Julho de 2018, a estimativa provisória da taxa de desemprego foi de 6,8%, tendo-se mantido inalterada em relação ao mês anterior e tendo diminuído 0,3 p.p. em relação a Abril de 2018 e 2,1 p.p. em comparação com Julho de 2017.

As taxas de desemprego dos jovens e dos adultos foram estimadas em 20,3% e 5,8% respectivamente. A primeira aumentou 0,6 p.p. em relação ao mês precedente, enquanto a segunda se manteve inalterada.

Pode consultar o documento do INE aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

ADVID: Boletim do Ano Vitícola 2018 já está online

A ADVID – Associação Desenvolvimento da Viticultura Duriense acaba de disponibilizar o Boletim do Ano Vitícola …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.