Início / Agricultura / STEF inaugura plataforma própria no Algarve. Seguem-se Vila Real e Mangualde

STEF inaugura plataforma própria no Algarve. Seguem-se Vila Real e Mangualde

A STEF, líder na Europa de serviços de logística e de transporte sob temperatura controlada, reforçando a estratégia de investimento em Portugal, inaugurou hoje, 12 de Fevereiro, a sua primeira plataforma própria no Algarve, localizada em Algoz, no concelho de Silves.

Esta unidade representa um investimento da STEF em Portugal, fazendo parte de um alargado plano de investimentos, onde se inclui também a abertura das plataformas de Vila Real e Mangualde, a ampliação da unidade em Coimbra, e o aumento da capacidade de armazenagem e transporte nas plataformas de Lisboa e do Porto.

O investimento nesta plataforma encerra a primeira fase de um importante plano de investimento da STEF em Portugal, que contempla novos projectos para os próximos anos.

Plataforma bi-temperatura

Esta nova aposta da empresa em Portugal, consiste numa plataforma bi-temperatura com uma área coberta de 1.200m2, localizando-se numa zona industrial no centro do Algarve.

A mesma vem dar resposta às crescentes necessidades da região Sul do País, nomeadamente com o aumento do turismo. O crescimento significativo do mercado do Algarve tornou a operação logística nesta região cada vez mais exigente em termos dos volumes a distribuir e dos tempos de entrega.

Além disso, este mercado está sujeito a uma grande sazonalidade, que acresce o desafio de manter os níveis de qualidade durante os períodos de maior fluxo de mercadorias.

Ponto estratégico

A abertura de uma nova plataforma no Algarve “posiciona-se como ponto estratégico para a recolha e posterior distribuição de bens, que se destinam ao mercado nacional e a outros mercados europeus”. A redução do tempo de trânsito entre o processo de produção e o acto de consumo que esta unidade vem aportar ao sul de Portugal, coloca os consumidores e produtores da região algarvia mais perto das principais rotas logísticas nacionais e internacionais.

“Com a criação da plataforma do Algarve, o Grupo STEF passou a deter uma cobertura ainda mais abrangente no território português, reforçando a aposta no nosso País. Este investimento pretende potenciar o desenvolvimento de uma região em pleno crescimento e cujo mercado é cada vez mais exigente. Esperamos também poder contribuir para facilitar o escoamento da produção regional e levar a qualidade dos produtos produzidos no Algarve aos consumidores de diferentes pontos da Europa”, afirma o director da empresa em Portugal, François Pinto.

Criação de postos de trabalho

Além dos novos postos de trabalho directos criados com a abertura da plataforma do Algarve, já estão em curso novos processos de recrutamento por forma a dar resposta ao desenvolvimento da actividade desta plataforma, tanto no que se refere à procura crescente dos serviços da STEF no que respeita à distribuição no Algarve e à expedição dos produtos produzidos na região.

Actualmente a STEF emprega em Portugal um universo de 550 colaboradores, um número que tem vindo a aumentar nos últimos três anos, com um crescimento de 25% no período de 2016 a 2018.

A STEF

A STEF é líder na Europa em serviços de transporte e logística sob temperatura controlada. A sua missão: ser o elo de ligação entre a industria agro-alimentar e os consumidores.

Para tal, o Grupo transporta produtos alimentares refrigerados, congelados e termo-sensiveis das regiões de produção até às zonas de consumo “nas melhores condições de segurança alimentar, tempo e qualidade”.

O Grupo tem um volume de negócios de aproximadamente 3 milhões de euros, conta com 18.000 colaboradores e 240 plataformas implantadas em 7 países.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Lancha hidrográfica da Marinha em missão de caracterização do fundo do mar na costa algarvia

A lancha hidrográfica Andrómeda encontra-se desde o dia 7 de Outubro a navegar ao longo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.