Início / Agricultura / Simpósio de Vitivinicultura do Alentejo reuniu mais de 200 participantes

Simpósio de Vitivinicultura do Alentejo reuniu mais de 200 participantes

A 11.ª edição do Simpósio de Vitivinicultura do Alentejo que teve lugar a 15, 16 e 17 de Maio em Évora, no Auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, contou com mais de 200 os participantes.

Um número que inclui as principais universidades do País e que superou a participação do evento anterior.

“É muito bom estar a olhar para a plateia e ver muita gente nova, nomeadamente técnicos e investigadores novos, isto significa que estamos a rejuvenescer”, afirmou Francisco Mateus, presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

A sustentabilidade do sector do vinho

Neste evento, realizado sob a organização conjunta da CVRA, da ATEVA, Associação Técnica dos Viticultores do Alentejo e da CCDRA, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Universidade de Évora e DRAP Alentejo, foram discutidos o futuro e a sustentabilidade do sector do vinho em termos económicos, sociais e ambientais.

Francisco Mateus faz um balanço positivo e considera que o sector, apesar de alguns constrangimentos e do caminho que ainda tem a percorrer, contribui para o desenvolvimento da região, que é responsável por 13% do total da área nacional de vinha.

Apostar em castas mais resistentes

Reinhard Töpfer, professor alemão, foi um dos principais oradores do evento. Töpfer frisou que os viticultores devem apostar em “castas mais resistentes para se adaptarem às alterações climáticas”.

“As castas tradicionais existentes têm pontos fortes e pontos fracos e, nesta preparação para o futuro, os viticultores devem começar a experimentar novas coisas que, se calhar, estão melhor adaptadas a determinados ambientes e condições climatéricas”, resumiu.

Além de Töpfer, o Simpósio contou com outros oradores como Flor Etchebarne, que é desde 2016 Científica Independente, João Barroso, licenciado em Engenharia do Ambiente e com Mestrado em Sustentabilidade pela Universidade de Lund, na Suécia, Joana Faria, que desde 2017 assume funções de Secretária Executiva no FSC Portugal, Mafalda Evangelista, do Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (BCSD Portugal), Javier Tardaguila, Professor Titular de Viticultura de Precisão na Universidade de La Rioja (Espanha) e Mariette Du Toit-Helmbold, que criou a Destinate, uma agência de gestão de destinos e marketing de turismo sob medida.

Realizado desde 1988

O Simpósio é realizado desde 1988, a cada três anos, e constitui um importante fórum de debate sobre as prioridades para o sector.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) foi criada em 1989 e é um organismo de direito privado e utilidade pública que certifica os vinhos DOC Alentejo e os vinhos Regional Alentejano. É responsável pela promoção dos Vinhos do Alentejo, no mercado nacional e em mercados-alvo internacionais. A sua actividade é financiada através da venda dos selos de certificação que integram os contra-rótulos dos Vinhos do Alentejo.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

João Ponte: Jovens são imprescindíveis para uma agricultura mais forte e competitiva

O secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou, em Angra do Heroísmo, a importância dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.