Início / Agenda / Sector leiteiro abre portas às crianças no Dia Mundial do Leite

Sector leiteiro abre portas às crianças no Dia Mundial do Leite

A APROLEP – Associação dos Produtores de Leite de Portugal, com a colaboração dos seus sócios que, abrem as portas das suas casas agrícolas, organiza mais uma vez algumas actividades para assinalar o Dia Mundial do Leite, que se celebra a 1 de Junho, também Dia da Criança.

Diz fonte da associação que avança com esta iniciativa “consciente da necessidade de aproximar a população, especialmente as crianças, da produção de leite”.

Este ano, realizar-se-ão duas visitas: a 30 de Maio, cerca de 60 crianças da Fundação de Válega em Ovar irão visitar a Qualileite Unipessoal e dia 5 de Junho, em Carvalhal – Barcelos, cerca de 80 crianças da Escola Primária de Carvalhal irão visitar a vacaria de José Augusto Mariz.

Convívio e aprendizagem

O objectivo é proporcionar um momento de convívio e aprendizagem de todos os participantes, dando-lhes a conhecer o que está por detrás do leite que encontram nas prateleiras dos supermercados.

Além de conhecerem a rotina das vacas, alimentação e cuidados que recebem, as crianças terão oportunidade de realizar alguns jogos para aprender de forma divertida o caminho do leite “do prado ao copo” e degustar queijo fresco confeccionado com leite das vacarias que visitaram.

Dia Mundial do Leite

O Dia Mundial do Leite foi criado em 2001 pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) para celebrar a importância do leite para a sustentabilidade, desenvolvimento económico das zonas rurais e nutrição saudável a nível global.

Em 2017, a plataforma Worldmilkday registou 588 eventos em 80 países, organizados por produtores de leite, cooperativas, associações nacionais de lacticínios, escolas, grupos de nutrição, empresas de lacticínios e milhares de`famílias e cidadãos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Agricultores de Portalegre consideram restrição de apoios agroambientais “absurda”

A AADP — Associação dos Agricultores do Distrito de Portalegre considera um “absurdo” a decisão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.