Início / Agricultura / Sapec Agro tem novo posicionamento e adopta marca Ascenza

Sapec Agro tem novo posicionamento e adopta marca Ascenza

A Sapec Agro assume oficialmente a marca Ascenza, desde ontem, 28 de Novembro, surgindo no mercado com um posicionamento e imagem renovados.

O CEO da empresa, Eric van Innis, justifica a mudança: “queremos tornar-nos uma referência no sector da protecção de culturas, e, para o alcançar, estamos a reforçar a nossa presença internacional, a investir em recursos humanos multidisciplinares, e a apostar em investigação e desenvolvimento para oferecer soluções agrícolas off patent de qualidade”.

O nome Ascenza, na opinião do mesmo responsável, traduz esse novo posicionamento. “Ascenza deriva da palavra de origem latina ascendere que significa ascender, crescer, elevar-se. Consideramos que esta é o ponto de partida: a nova marca espelha evolução, amadurecimento do negócio e projecto de expansão”, realça Eric vans Innis.

Neste novo posicionamento, a empresa pretende acentuar os valores que a definem: proximidade, compromisso, empatia e agilidade. Para Eric van Innis, “esta mudança de paradigma representa um crescimento que apenas é possível por todo o empenho de mais de 50 anos.”

Logótipo inspirado na floresta mediterrânica

O novo logótipo teve como inspiração a floresta mediterrânica conhecida pela sua estabilidade e renovação. A Ascenza ambiciona ser distinguida da mesma forma: um símbolo de estabilidade e constante renovação ao serviço dos aos clientes e à agricultura.

Presente em Portugal há cerca de 50 anos, a Sapec Agro, agora Ascenza, destaca-se desde os anos 60 na área da protecção de culturas, sendo líder ibérico no segmento dos genéricos diferenciados com presença crescente nos mercados do Sul da Europa e Brasil.

70% do que é produzido em Setúbal destina-se à exportação

Registando um forte crescimento, mais de 70% do que é produzido nas unidades fabris e laboratoriais de Setúbal destina-se à exportação.

A empresa é ainda um dos maiores empregadores da região de Setúbal, com mais de 400 colaboradores, dos quais mais de 30% são altamente qualificados.

O volume de negócios da empresa cresceu de 75 milhões de euros para 145 milhões de euros nos últimos dez anos. A empresa foi adquirida pela Bridgepoint Capital, em 2017, um passo que permite assegurar o crescimento sustentado da empresa nos próximos anos.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

CNEMA recebe Concurso Nacional de Mel a 8 de Março. Inscreva-se aqui

A 10.ª edição do Concurso Nacional de Mel e a 7.ª edição do Concurso Nacional …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.