Início / Empresas / Santander Totta lucra 130,5 milhões de euros no primeiro trimestre de 2018

Santander Totta lucra 130,5 milhões de euros no primeiro trimestre de 2018

A Santander Totta, SGPS alcançou um resultado líquido de 130,5 milhões de euros no final do primeiro trimestre de 2018, o que representa um acréscimo de 5,0% em relação ao período homólogo.

A evolução anual da conta de resultados e do balanço reflecte o impacto da integração do ex-Banco Popular Portugal.

O produto bancário aumentou 11,0% e os custos operacionais 14,0%, o que se traduziu numa ligeira deterioração do rácio de eficiência (+1,3pp em relação a Março de 2017).

Margem financeira

A margem financeira alcançou 231,2 milhões de euros, equivalente a um acréscimo de 34,6% face ao período homólogo e as comissões líquidas ascenderam a 93,9 milhões de euros, aumentando 10,2% em relação a Março de 2017. Por seu turno, os resultados em operações financeiras diminuíram 76,5%, atingindo 8,9 milhões de euros.

Os recursos de clientes subiram 16,6%, totalizando 36.966 milhões de euros. Os fundos de investimento comercializados e os seguros mantêm uma evolução dinâmica tendo aumentado 26,4% no ano e 4,5% no trimestre, o que reflecte a estratégia de diversificação dos recursos de clientes. Os depósitos aumentaram 15,0%, em termos anuais.

Crédito

A carteira de crédito subiu 25,5%, para 41.457 milhões de euros, com incrementos de 12,9% no crédito a particulares e de 46,1% no crédito a empresas. Com a incorporação da carteira de crédito do ex-Banco Popular, o peso relativo do crédito concedido a empresas na carteira total aumentou para 46,1%, contribuindo assim para um maior equilíbrio da carteira de crédito.

O rácio de Non-Performing Exposure (NPE), calculado de acordo com a definição da EBA, situou-se em 5,41%, em Março de 2018, e a cobertura de NPE por provisões fixou-se em 57,0%. O Banco tem rácios de NPE abaixo da média do sistema, fruto das suas políticas de admissão e de gestão da carteira de crédito.

O rácio Common Equity Tier I (CET I) ascendeu a 15,1% (fully implemented) e 15,3% (phased in) com variações de 0,93pp e 1,14pp, respectivamente, em relação a Dezembro de 2017.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

PONG-Pesca leva ciência na gestão das pescas ao IPMA

A PONG-Pesca, Plataforma de Organizações Não Governamentais Portuguesas sobre a Pesca, vai organizar, no próximo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *