Início / Agricultura / Santander lança 5 prémios para distinguir melhores empresários do sector agrícola

Santander lança 5 prémios para distinguir melhores empresários do sector agrícola

O Santander lançou hoje, 24 de Abril de 2019, na Feira Ovibeja a primeira edição dos Prémios Notáveis Agro Santander 2019 para distinguir os melhores empresários em Portugal no sector da agricultura.

Os cinco prémios visam destacar várias áreas como: Inovação Tecnológica, Empreendedorismo, Sustentabilidade, Exportações, mas também os Jovens Agricultores.

4 conferências até ao final do ano

Os empresários serão nomeados pelo júri, composto por 7 elementos, que será conhecido em breve. Até ao final do ano, serão realizadas 4 conferências relacionadas com os temas dos prémios e onde serão conhecidos os nomeados para cada categoria.

A gala final de entrega dos prémios está prevista realizar-se em Dezembro e também distinguirá os jovens agricultores.

100 nomeados

No total serão 100 os nomeados para as cinco categorias, ou seja, 20 em cada uma. As candidaturas contemplam clientes e não clientes do Santander, pequenas e médias empresas com critérios adoptados pela Comissão Europeia, juntamente com o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, seja pessoa singular ou colectiva.

Jovens agricultores

Nos jovens empresários agrícolas, serão nomeados responsáveis de projectos de micro e pequena empresa, quer se trate de pessoa singular ou colectiva.

Com o lançamento destes prémios para o sector da agricultura, o Santander “reforça assim o seu posicionamento junto do sector, com o qual assume um compromisso de contribuição para o desenvolvimento sustentável a médio-longo prazo, ancorado na proximidade de clientes e empresários”, refere uma nota de imprensa do banco.

Descrição dos Prémios Agro Santander

1º Inovação Tecnológica

  • Impacto da inovação tecnológica no progresso do sector agrícola, aumento da produtividade, capacidade predictiva, qualitativa e compromisso.

2º Empreendedorismo

  • Iniciativas capazes de gerar novos negócios, novas práticas, novos produtos.

3º Sustentabilidade

  • Capacidade de gerar negócios sustentáveis a longo prazo, assim como negócios que contribuem para a sustentabilidade e desenvolvimento do sector e do meio em que se inserem. Também podem ser consideradas iniciativas de âmbito ecológico: diminuição para a pegada Hídrica e balanço de Carbono ZERO.

4º Exportação

  • Negócios focados na exportação com impacto no desenvolvimento, progressão e expansão da actividade empresarial agrícola.

5º Jovens Agricultores

  • Prémio para dar visibilidade às novas gerações que promovem e inspiram esta actividade. Em linha com os critérios PDR 2020, com idades compreendidas entre os 18 e os 40 anos inclusive.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Montalegre: plano municipal de combate à vespa velutina já fez 13 mil capturas

A Câmara Municipal de Montalegre elaborou um Plano Municipal de Combate à Vespa Velutina, também …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.