Início / Agricultura / Saiba como preparar o solo para fazer uma horta

Saiba como preparar o solo para fazer uma horta

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Como preparar o solo para uma horta

Para preparar o solo para cultivar os seus hortícolas e legumes favoritos tem de em primeiro lugar  criar um ambiente para uma sementeira ou plantação bem sucedida. Tem de ter em atenção que ter um solo com uma qualidade adequada para este tipo de operações é um processo demorado e portanto tem de ter paciência e não pode exigir resultados muito imediatos.Para aprender alguns dos passos que deve ter em consideração para ter um solo fértil e adequado para criar uma horta, tenha em atenção o que aconselho abaixo.

1. Aposte numa terra de boa qualidade

Para tal comece por preparar o solo da sua horta fazendo uma mobilização superficial no terreno que pretende utilizar. Crie primeiramente um perímetro à volta do terreno, mobilizando inicialmente as bordas da área da horta passando depois para o interior das mesmas. Se esta área que escolheu tiver relva,elimine primeiro esta camada superior com uma pá, enchada ou outro utensílio semelhante. Depois deste passo, pode também ter de retirar algumas plantas infestantes, pedrinhas ou outro tipo de “entulho” que lá encontre e que dificulte o seu trabalho e o crescimento e desenvolvimento das plantas.

2. Faça uma análise ao solo para determinar o seu estado e qualidade

Pode saber mais sobre as análises à qualidade do solo aqui. Tenha sempre em atenção que solos que tenham uma grande quantidade de areia são tendencialmente secos. Contrariamente, solos com uma grande percentagem de argila, tendem a deixar os solos muito pesados o que dificulta o crescimento e desenvolvimento das suas plantas. Como em tudo, deve optar por um equilíbrio na sua composição, optando sempre por ter um solo com uma boa combinação de terra, areia e argila.  Para um resultado mais profissional e confiável, deve sempre optar por enviar a amostra de solo para um laboratório especializado que faça uma análise ao pormenor e que identifique caso seja possível, carências nutricionais que podem comprometer boas produtividades.

Fonte da imagem: Veja

3. Faça uma mobilização superficial do solo

Antes de proceder à sementeira ou plantação, mobilize sempre o solo recorrendo a uma enxada caso seja uma área pequena, ou a uma fresa ou “capinadeira” caso se trate de uma área de maiores dimensões. Dessa forma, ao remexer o solo irá preparar melhor a fase que se segue. Não se esqueça que deve continuar a eliminar pedras ou qualquer outro tipo de “entulho” à medida que vai avançando com o trabalho.

4. Fertilize o seu solo: opte por adubo caseiro

Nesta etapa, misture um pouco de fertilizante no solo para prepará-lo para o próximo passo, a sementeira ou plantação. Opte sempre que possível por adubos caseiros ou orgânicos e esterco de animais. Espalhe o fertilizante escolhido por cima da terra mobilizada. Depois disto, revolva o solo para envolver o fertilizante, utilizando por exemplo um ancinho.

Fonte da imagem:eCycle

5. Faça a sementeira ou plantação

Tenha em atenção a profundidade da sementeira consoante o tipo de hortícola que pretende cultivar, o seu sistema radicular e o espaçamento entre linha mais conveniente ao seu bom crescimento e desenvolvimento.

6.Deixe o solo cultivado descansar por alguns dias antes de plantar

Você pode remexer o solo diariamente se assim entender, mas tal procedimento não é fundamental se você  tiver feito os passos anteriores de forma adequada.

Dicas fundamentais para preparar o solo para a sua horta

Elimine todas as plantas infestantes e faça o seu controlo frequentemente

Para a maximização de resultados, deve arrancar as plantas infestantes do solo sempre que possível, mobilizar o solo entre culturas e eliminar qualquer tipo de “entulho” que comprometa a produtividade deste espaço agrícola.

Depois de retirar as plantas infestantes antes de proceder com a sementeira, deve deixar o solo em repouso por um período de duas semanas para que as sementes das plantas infestantes possam voltar a emergir. Quando estas emergirem, deve retirar esses brotos com o auxilio de um enchada e “rapar” com um ancinho para assim “quebrar” a terra e retirar as pedras.

Escolha um local adequado para a instalação da sua horta

A escolha do local onde será instalada a  sua horta, é na maioria das vezes,  limitada em função da disponibilidade do terreno.

O local deve ser:

Ensolarado: os hortícolas são plantas de crescimento rápido, por essa razão necessitam de muita luz para crescerem fortes e saudáveis. De modo geral, 8 a 10 horas de luz é o ideal;
Próximo de uma fonte de água: água de qualidade e em quantidade suficiente é fundamental para a sua horta, uma vez que para um crescimento rápido, os hortícolas precisam de água em quantidade. A qualidade da água também é essencial (potável, e que não esteja contaminada) uma vez que grande parte dos hortícolas são consumidos crus;
Bem drenado: terrenos encharcados e pesados não possibilitam que as raízes dos hortícolas possam respirar podendo suscitar o desenvolvimento de doenças nas raízes;
Protegido de ventos: o vento aumenta o consumo de água pelas plantas e pode pode estragar folhas e frutos das mesmas. Mesmo que  as plantas estejam  adaptadas à época fria não aceitam os ventos fortes e frios, pelo que é importante que exista uma barreira natural contra o vento para impedir este facto. Caso, na sua horta,  não possua uma barreira natural contra o vento, é necessário a introdução de quebra-ventos, que podem ser produzidos através  de várias plantas arbustivas tais como sebes;
Local deve possuir uma vedação:os animais domésticos, principalmente cães, gatos, galinhas e até roedores adoram o local da sua horta, uma vez que ali existe terra fresca e macia para “escavar”, enterrar ossos e outras coisas. Portanto, a horta deve ser bem cercada para evitar a entrada desses animais.

A Cientista Agrícola

loading...

Verifique também

Terminal de Contentores de Sines supera recorde de 2017

O Terminal de Contentores de Sines – Terminal XXI movimentou, até ao dia 12 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.