Início / Agenda / S. João da Madeira acolhe sessão do Orçamento Participativo Portugal

S. João da Madeira acolhe sessão do Orçamento Participativo Portugal

A Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira, recebe um dos encontros promovidos em diferentes pontos do País para divulgar do Orçamento Participativo Portugal (OPP) 2018.

Esta sessão está agendada para dia 4 de Abril, às 18h30, estando prevista a presença da secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca.

“A decisão é minha, o País é de todos”

“A decisão é minha, o País é de todos” é o lema deste orçamento participativo de âmbito nacional que vai na sua segunda edição, tendo sido lançado pelo Governo em 2017, “no sentido de contribuir para o desenvolvimento de mecanismos de democracia participativa e para a promoção da participação dos cidadãos na vida do País e das cidades”.

O Encontro Participativo que agora se vai realizar em S. João da Madeira insere-se na 1.ª fase da edição deste ano, período este que decorre até 24 de Abril e se destina à apresentação do OPP 2018 e à recolha de propostas, que podem ser também submetidas na plataforma online aqui.

5 milhões de euros disponíveis

Com um orçamento de 5 milhões de euros nesta edição de 2018, “o OPP é um processo democrático deliberativo, directo e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e escolhem, através do voto, quais os projectos que devem ser implementados em diferentes áreas de governação”, como se pode ler no referido site.

Podem participar todos os cidadãos nacionais com idade igual ou superior a 18 anos, apresentando propostas e votando nos projectos da sua preferência.

Mais de 2.500 pessoas em 2017

Em 2017, realizaram-se 50 encontros participativos, envolvendo mais de 2.500 pessoas. Os cidadãos escolheram de entre perto de 600 propostas, nacionais e regionais, como investir 3 milhões de euros do Orçamento de Estado. Registaram-se cerca de 80.000 votos, tendo sido eleitos para concretização 38 projectos.

Paralelamente a este processo nacional, iniciou-se em S. João da Madeira mais uma edição do Orçamento Participativo Municipal, cuja primeira sessão pública se realizou segunda-feira, com a presença do presidente da Câmara, que aproveitou para deixar um triplo desafio aos Sanjoanenses, para que apresentem propostas e façam as suas escolhas no âmbito dos orçamentos participativos da sua freguesia, do seu município e do seu País.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

APDL promove simulacro de colisão entre barco Rabelo e Navio-Hotel no Douro

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) vai realizar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.