Início / Featured / Ricardo Serrão Santos é o novo Ministro do Mar

Ricardo Serrão Santos é o novo Ministro do Mar

O primeiro-ministro António Costa quis pôr fim às críticas sobre as relações familiares na composição do Executivo. manteve Eduardo Cabrita no Ministério da Administração Interna, mas sacrificou a mulher, Ana Paula Vitorino que é agora sucedida no Ministério do Mar por Ricardo Serrão Santos, um biólogo estudioso dos oceanos.

O ex-eurodeputado (entre 2014 e 2019) Ricardo Serrão Santos destacou-se na Comissão de Pescas no Parlamento Europeu.

Nasceu em Portalegre, há 65 anos e desde cedo se dedicou ao estudo dos oceanos e da biologia marinha. Era até agora investigador principal na Universidade dos Açores. Nesta mesma instituição dirigiu o departamento de oceanografia e pescas, foi pró-reitor e ainda presidente do Instituto do Mar.

Doutorou-se em Biologia e Ecologia Animal na Universidade de Liverpool, no Reino Unido. No currículo académico, pode ler-se que os interesses de Ricardo Serrão Santos “incluem a conservação dos habitats e da biodiversidade marinhos dos ecossistemas de litoral e mar profundo da região dos Açores, a implementação de Áreas Marinhas Protegidas e avaliação dos seus benefícios”.

Distinguido no Parlamento Europeu

No final do mandato no Parlamento Europeu foi eleito pela organização independente Votewatch o terceiro eurodeputado português mais influente (atrás de José Manuel Fernandes e Carlos Zorrinho) e foi um dos finalistas dos MEP Awards, prémio que distingue os melhores parlamentares europeus em cada ano. Ainda assim, o PS deixou-o fora das listas para as últimas eleições europeias, em Maio.

Saiba mais sobre o no ministro do Mar aqui.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Último concerto do ano de Cuca Roseta é na Casa da Música e é solidário

A fadista Cuca Roseta juntou-se à Vida Norte e à Casa da Música, no Porto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.