Início / Agricultura / Rede Regional dos Mercados Locais reúne-se. Objectivo: valorizar produtos locais

Rede Regional dos Mercados Locais reúne-se. Objectivo: valorizar produtos locais

A sede da Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste recebeu no passado dia 27 de Junho, em Bensafrim (Lagos), uma reunião no âmbito do projecto “Rede Regional dos Mercados Locais” (RRML).

Além da Vicentina, estiveram presentes representantes da AMAL, da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve) e dos municípios de territórios rurais e de baixa densidade da região aderentes ao projecto.

Integrado no Plano de Acção de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (P.A.D.R.E.), com o presente projecto pretende-se efectuar a reabilitação física de mercados locais, com vista a torná-los mais atractivos e adequados à instalação dos produtores locais.

Valorização dos produtos locais 

É igualmente objectivo do projecto a implementação de um Plano de Comunicação e Animação da Rede, de forma a dar maior visibilidade a estes espaços, contribuindo para a valorização dos produtos locais e dinamização dos produtores locais.

Pretende-se igualmente desenvolver uma componente ligada aos mercados locais de produtores, de forma a incentivar as vendas directas e as cadeias curtas agro-alimentares, permitindo assim o contacto directo entre o produtor e o consumidor, contribuindo assim para a melhoria da dieta alimentar, através do acesso a produtos da época, frescos e de qualidade e, por outro lado, contribuir para o desenvolvimento socioeconómico destes territórios.

Estatuto da Agricultura Familiar

Neste contexto, a DRAP Algarve destaca o facto de estar em fase de implementação o “Estatuto da Agricultura Familiar”, cujo regulamento está em vigor (consultar aqui), onde se visa “reconhecer e distinguir a especificidade da Agricultura Familiar” nas dimensões económica, territorial, social e ambiental, promover políticas públicas para o extracto sócio-profissional em causa, bem como promover e valorizar a produção local e melhorar os respectivos circuitos de comercialização.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

GNR apreende 287 quilos de pescado por fuga à lota em Quarteira. Coima até 44.891 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR — Guarda Nacional Republicana, através do Sub-destacamento de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.