Início / Agenda / ProWein tem mais de 300 produtores nacionais. PM visita maior feira mundial de vinhos
Foto: Messe Düsseldorf

ProWein tem mais de 300 produtores nacionais. PM visita maior feira mundial de vinhos

A maior feira mundial de vinhos a ProWein, realiza-se de 17 a 19 de Março, em Dusseldorf, na Alemanha. Os vinhos portugueses vão estar em evidência, com mais de 300 produtores nacionais presentes no stand da ViniPortugal (150) e nos stands das várias regiões vitivinícolas nacionais (233).

O primeiro-ministro, António Costa, vai visitar esta feira no dia 17 de Março e contactar com os produtores nacionais que marcam presença no certame.

O aumento da procura de vinhos portugueses por parte do mercado alemão está “reflectido na aposta neste evento, com uma forte presença de produtores nacionais. Em termos globais, Portugal é o 5.º país com maior representação na ProWein, com um total de 383 expositores”, explica uma nota de imprensa da ViniPortugal, associação inter-profissional para a promoção internacional dos Vinhos de Portugal.

Vinhos portugueses: uma tendência nos mercados internacionais

Os vinhos portugueses são cada vez mais uma tendência nos mercados internacionais. De acordo com um estudo desenvolvido em 2018 pela Universidade de Geisenheim para a ProWein, cerca de um quarto dos especialistas alemães inquiridos planeiam incluir vinhos portugueses no seu portefólio no futuro.

Alargando o âmbito de análise, o estudo revela que um em cada cinco retalhistas especializados e importadores de vinho coloca Portugal no topo das suas prioridades para complementar a gama de produtos do seu portefólio, o que faz com que Portugal esteja pela primeira vez no topo das preferências dos retalhistas e importadores da Europa Central.

Regiões vitivinícolas presentes

Ao longo da ProWein, jornalistas, importadores, retalhistas e sommeliers vão ter oportunidade de apreciar vinhos de mais de 150 produtores reunidos no stand da ViniPortugal ou visitar os stands das várias regiões vitivinícolas nacionais presentes no evento – Vinho Verde, Porto e Douro, Tejo, Alentejo, Beira Interior e Bairrada.

“Os visitantes que não tenham muito tempo disponível ou que queiram obter uma visão global dos vinhos portugueses estão convidados a passar pela nossa zona de degustação gratuita, onde terão oportunidade de provar mais de 80 vinhos premiados em competições e degustações”, afirma Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal.

Wines of Portugal

Este ano a ViniPortugal, através da marca “Wines of Portugal”, disponibiliza uma zona de degustação gratuita e um vasto programa de seminários, nos quais será possível saber mais sobre tendências, como harmonizar vinhos portugueses e gastronomia internacional, métodos ancestrais de vinificação, novidades e destaques das regiões vitivinícolas.

A sommelier Christina Fischer e o chef Patrick Jabs vão apresentar sugestões de harmonização de vinhos portugueses com pratos no seminário “Great food companions – Portugal’s wine world from A to Z”.

Foto: Messe Düsseldorf

O especialista em vinhos portugueses e jornalista David Schwarzwälder vai apresentar os principais destaques de Portugal enquanto país vitivinícola, discutindo as diferentes estruturas de terroir e as particularidades de cada região. No seminário “Marked by the Atlantic Ocean – from the Vinho Verde to the Algarve”, conduzido por Caro Maurer MW, será abordada a influência dominante do Oceano Atlântico nas várias regiões vitivinícolas.

Para além destes quatro especialistas, serão desenvolvidos outros 17 eventos sob a chancela “Wines of Portugal” para dar a conhecer a realidade vitivinícola do país, conduzidos por Sofia Salvador, Rubina Vieira, Andrzej Strzelczyk, Joel B. Payne, Carine Patrício e Konstantin Baum MW.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Terra Rica lança dois novos azeites e aposta no miolo de pinhão

A Terra Rica, marca com uma herdade localizada no concelho de Alcácer do Sal, acaba …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.