Início / Agenda / Prémio Floresta e Sustentabilidade debate visão que os jovens têm da floresta

Prémio Floresta e Sustentabilidade debate visão que os jovens têm da floresta

A visão que os mais jovens têm da floresta portuguesa será o mote da conferência integrada no Prémio Floresta e Sustentabilidade marcada para 28 de Junho de 2018 entre as 10 horas e as 12h30 na Fundação Cupertino de Miranda, Porto.

O que sabem as novas gerações sobre o seu território? Como olham para a floresta e o seu potencial de riqueza (cultural, económica, etc.)? Como podem contribuir para contrariar um futuro mais quente e poluído? Que papel podem ter as florestas (plantadas ou de conservação) na mitigação do aquecimento global? Em que verdades crêem?

Para discutir a visão que os jovens têm da floresta nacional, são convidados (programa em actualização): Celso Costa, Professor de Ciências e Humanidades, Porto; José Manuel Palma, Psicólogo Ambiental, Universidade de Lisboa; José Jorge Teixeira, Professor de Física e Química, Chaves – vencedor do Global Teachers Prize 2018; e Paulo Cardoso, estudante, Jovem Repórter para o Ambiente, Viseu.

A moderação está a cargo de Andreia Vale, da CMTV.

Prémio Floresta e Sustentabilidade

Recorde-se que as categorias da II edição do Prémio Floresta e Sustentabilidade são este ano mais abrangentes que na edição anterior.

O Prémio Gestão e Economia da Floresta pretende distinguir projectos e/ou negócios sustentáveis lançados por associações de produtores, produtores, empresas florestais, empresas não florestais, prestadores de serviços ou outras entidades.

Por sua vez, na categoria Floresta e Comunidade, o Prémio pretende distinguir projectos de educação ambiental e florestal provenientes de ONG, autarquias ou outras entidades que tenham projectos de protecção da floresta.

Na Inovação e Ciência pretende-se distinguir projectos inovadores provenientes da academia na área das ciências exactas, sociais, humanas e naturais, entre outras.

Já na categoria Escola e a Floresta, o Prémio distingue projectos de escolas através de trabalhos realizados por alunos que frequentem o 10º, 11º e 12º anos, coordenados por docentes.

5 mil euros por categoria

O prémio estipulado por categoria é de 5 mil euros. As candidaturas são analisadas pela PwC e avaliadas por um júri reconhecido na área da floresta em Portugal. É promovido pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira, em parceria com o Jornal de Negócios e o Correio da Manhã.

Para mais informações, consulte o regulamento aqui.

Para inscrições contactar: cofinaeventos@cofina.pt.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Angola prepara estratégia para melhorar gestão dos recursos marinhos

O Ministério das Pescas e do Mar de Angola está a elaborar uma estratégia nacional, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.