Início / Featured / Porto de Ponta Delgada com mais 40% de capacidade para movimento de contentores

Porto de Ponta Delgada com mais 40% de capacidade para movimento de contentores

O presidente do Governo Regional dos Açores garantiu hoje, 14 de Novembro, que o investimento de cerca de 31 milhões de euros no Porto de Ponta Delgada tem o objectivo de tornar a operação portuária mais fácil, mais rápida e mais eficiente para os empresários e para a economia.

“Esta obra de cerca de 31 milhões de euros, cujo concurso público para a empreitada está a decorrer, tem o objectivo claro de tornar mais fácil, mais rápida e mais eficiente para a nossa economia e para os nossos empresários a operação no Porto de Ponta Delgada”, afirmou Vasco Cordeiro.

O presidente do Governo Regional falava aos jornalistas, depois de ter visitado as obras em curso de reforço do manto de protecção do molhe, um outro investimento de cerca de nove milhões de euros, na sequência dos temporais de Dezembro de 2015 e Janeiro de 2016.

Obra de 31 milhões

Vasco Cordeiro salientou que a obra de 31 milhões de euros traduz-se no aumento do cais acostável, na dragagem das bacias de manobra, mas, fundamentalmente, num crescimento à volta dos 40 por cento da capacidade de parqueamento de contentores do Porto de Ponta Delgada.

“Se somados os contentores de 20 e 40 pés, passaremos de uma capacidade que, neste momento, é de 566 lugares para 774 lugares de parqueamento de contentores”, sublinhou Vasco Cordeiro, ao salientar que é também por isso que este investimento garante que vai ser mais fácil, mais rápida e mais eficiente a operação portuária em Ponta Delgada.

Ainda no âmbito das condições de segurança do Porto de Ponta Delgada, está também em curso a recuperação do chamado Cais NATO, um investimento de cerca de cinco milhões de euros da responsabilidade do Governo da República.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

CNEMA recebe Concurso Nacional de Mel a 8 de Março. Inscreva-se aqui

A 10.ª edição do Concurso Nacional de Mel e a 7.ª edição do Concurso Nacional …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.