Início / Agricultura / Políticas agrícolas: conceitos, apoios e programas que deve conhecer

Políticas agrícolas: conceitos, apoios e programas que deve conhecer

Artigo de opinião do site A Cientista Agrícola

Autora do artigo: Ana  Maria Páris Coixão, Agrónoma

Contacto: ana_coixao@hotmail.com

Perfil do Linkedin aqui

A economia da inovação nas políticas agrícolas

A imagem familiar a que normalmente se associa a produção agrícola é mais conservadora do que inovadora, mas esta afirmação é completamente errada. A agricultura e a inovação andam de mãos dadas (EU SCAR, 2012). Sabe o que são políticas agrícolas?

politicas agricolas pdf

Políticas agrícolas: conceito de inovação

A inovação define-se como a introdução, ou mudança significativa de um produto, método ou sistema de produção, podendo ser uma novidade para o mercado ou apenas para a unidade produtiva. Esta inovação poderá ser tecnológica, relacionada com a organização, de marketing ou com benefícios ambientais, mas está sempre associada a uma novidade ou alteração significativa e à criação de mais valor, para que a sua empresa continue a crescer (Reis, 2013).

Políticas agrícola:Economia de inovação

O Comité Permanente para Investigação e Estatísticas justifica que a visão macroeconómica tende a ver a inovação como um processo linear de pesquisa (básica) através de investigação e desenvolvimento para uma aplicação comercial. A principal razão é a falha de mercado e o principal instrumento político é a política de pesquisa (EU SCAR, 2012).

A inovação económica na agricultura difere de outros tipos de inovação económica de várias maneiras.

A inovação na agricultura deve ter em conta factores como a natureza da produção agrícola, a especificidade das tecnologias agrícolas, e o papel das pragas e doenças e também das mudanças climáticas.

Tudo isto dá origem a pesquisas de manutenção e outras inovações que reduzem a susceptibilidade da produção agrícola a esses factores não controlados. São estas características da agricultura que diferem de outros tipos de inovação económica, pela natureza e extensão das falhas de mercado na provisão de pesquisa e inovação agrícola (Pardey, et al, 2010).

 politicas agricolas nos paises desenvolvidos

Inovação na agricultura

Potts, e Kastelle, (2017) referem que os processos de inovação dentro das empresas que começam com o impulso de pesquisa e de mercado, tem como objectivo determinar o melhor modelo de negócios para apoiar a difusão de novas ideias e tecnologias usando extensas entrevistas a clientes, testes de mercados, apoios a cientistas em empreendimentos através da orientação por empreendedores experientes, e o respectivo desenvolvimento e teste de produtos.

Num estudo feito por Reis, (2013) relativamente à inovação na produção agrícola, o autor concluiu, após a realização de vários inquéritos sobre o tema, que em Portugal os principais tipos de inovação introduzidos nas explorações agrícolas ou empresas foram as inovações tecnológicas, destacando-se a introdução de novos produtos, culturas ou variedades, e a introdução ou melhoramento significativo de sistemas de controlo ou certificação da produção. Os outros tipos de inovação considerados relevantes foram a alteração do modo de produção, a introdução ou melhoramento significativo de serviços de apoio à agricultura, o processamento de produtos agrícolas da própria exploração e mudanças ao nível da logística de produtos ou factores de produção.

Apoios à inovação no sector agrícola

De acordo com Reis, (2013) a União Europeia, através das estratégias «Europa 2020» e da «PAC no horizonte 2020», possui um papel fundamental na investigação e inovação para preparar a agricultura europeia para o futuro. A estratégia «Europa 2020» pretende ainda transformar a UE numa economia inteligente, sustentável e inclusiva, que proporcione níveis elevados de emprego, de produtividade e de coesão social. Isto significa, uma economia baseada no conhecimento e na inovação, mais eficiente em termos de utilização dos recursos, mais ecológica e mais competitiva.

Cláudia Costa (2013), a Directora Adjunta do Gabinete de Planeamento e Políticas no âmbito do tema “Parcerias para a investigação e inovação no âmbito da Programação para o Desenvolvimento Rural 2014-2020”, refere que o apoio à inovação no sector agrícola nacional no quadro da Parceria Europeia para a Inovação (PEI) para a produtividade e sustentabilidade agrícola deve focar no aumento da eficiência dos recursos, na produção agrícola e florestal, na melhoria da gestão dos sistemas agroflorestais, na melhoria da integração nos mercados e na valorização do território.

politicas agricolas definição

Políticas agrícolas: programas de apoio à inovação

  • FCT (Fundação para a Ciência e Tecnologia),
  • PT 2020,
  • PDR 2020,
  • H 2020
  • Programas europeus como Innosup e Interreg.

As políticas agrícolas relacionam-se com a inovação, visto que ao serem sistemas de subsídios à agricultura e programas de desenvolvimento em áreas que façam parte das ciências agrárias, requerem ideias criativas e rentáveis, que possuam instrumentos directamente ligados à economia de inovação, como a investigação e desenvolvimento e a descoberta de oportunidades de melhoria.

Referências Bibliográficas
Costa, C., 2013 Parcerias para a investigação e inovação no âmbito da Programação para o Desenvolvimento Rural 2014-2020, Gabinete de Planeamento e Politicas, 24pp
Da Silva L. M., 2017, Promover a inovação para um uso eficiente e produtivo de recursos no setor INOVISA, Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa,16pp
EU SCAR, 2012, Agricultural knowledge and innovation systems in transition – a reflection paper, Brussels, 121pp
Pardey, P., Alston, J., Ruttan, V., 2010. The economics of innovation and technical change in agriculture. Handbooks in Economics, Vol. 2. Elsevier, Amsterdam, Ch. 22.
Potts, J. e Kastelle, T., 2017, Economics of innovation in Australian agricultural economics and policy, Economic Society of Australia, Queensland, 9pp
Reis, P., 2013, Inovação na Produção Agrícola, ANIMAR, ISA, INIAV, ROTA DO GUADIANA, Lisboa, 53pp
Veiga, J. E., 1991 O desenvolvimento agrícola: uma visão histórica. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.

A Cientista Agrícola

Verifique também

Iapmei vai ter StartUP Voucher “na estrada” até final de Outubro

O IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, até ao final do mês de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.