Início / Agricultura / Plus Alqueva arranca com comercialização de adubos e sementes em Ervidel

Plus Alqueva arranca com comercialização de adubos e sementes em Ervidel

A construção de uma estrutura física para a comercialização de factores de produção (adubos, fitofármacos e sementes, entre outros) da Plus Alqueva, no Baixo Alentejo encontra-se concluído, e corresponde a um “investimento significativo na zona de Alqueva”, diz um comunicado da Agromais. A inauguração terá lugar no próximo dia 23 de Setembro de 2016, pelas 17h00, em Ervidel.

Estas novas instalações serão um “importante contributo para o crescimento do grupo Agromais, e ao mesmo tempo demonstram ambição para consolidar a nossa presença na região do Alqueva”, salienta a mesma nota.

“Estamos muito satisfeitos com mais esta concretização que uma vez mais demonstra a nossa vontade de criar valor aos nossos clientes”, afirma o presidente da Plus Alqueva, Luís Vasconcellos e Souza.

Maior organização na comercialização de cereais e hortícolas

A Agromais – Entreposto Comercial Agrícola nasceu em 1987, na região agrícola do Norte do Vale do Tejo. Hoje é a maior organização portuguesa de agricultores no sector da comercialização de cereais e hortícolas, com um volume de negócios anual consolidado na ordem dos 41 milhões de euros e com uma área de produção de cerca de 10.000 hectares. “Lideramos as culturas que produzimos, inovamos nos processos e na tecnologia, desenvolvemos produtos de qualidade, e somos profissionais reconhecidos pelo mercado”, garante o entreposto no mesmo comunicado.

Recorde-se que, na sequência da concretização da expansão da Agromais para a região do Alqueva, foram criadas duas novas sociedades (Plus Alqueva e Plus Produção Agrícola), detidas a 100% pela Agromais Plus, para a concretização de projectos de produção e/ou transformação na região.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Corteva Agriscience apresenta plano de expansão da gama de produtos naturais Spinosyns

A Corteva Agriscience, empresa líder no sector agrícola em tecnologia aplicada a sementes, protecção de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.