Início / Agenda / Pescado português marca presença na Seafood Expo

Pescado português marca presença na Seafood Expo

É já de 19 a 21 de Março que o pescado português estará em destaque na Seafood Expo North America, que se realiza na cidade de Boston, nos Estados Unidos. No âmbito da promoção do sector do pescado, e de Portugal, a ACOPE – Associação dos Comerciantes de Pescado levará até este importante certame um conjunto diversificado de operadores que irão dar a conhecer o melhor do mercado luso.

Docapesca, Frijobel, Frina, Gelpeixe, Luís Silvério e Filhos, Nigel, Riberalves e Rui Costa e Sousa (Sr. Bacalhau) já confirmaram a sua participação. O Pavilhão de Portugal, que contará com uma área total bruta de mais de 180 metros quadrados, irá oferecer uma vasta oferta de produtos da pesca, desde pescado fresco, congelado, passando pelo marisco, sem esquecer o incontornável “fiel amigo”: o bacalhau. Será ainda possível aos visitantes degustarem os produtos em exposição, através do show cooking dirigido pelo Chef Luís Marques.

“Promover e valorizar a qualidade e a sustentabilidade dos produtos da pesca nacionais são outros dos objectivos desta presença multidisciplinar de empresas do sector”, afirma a ACOPE. A presença na Seafood Expo North America marca a estreia do pescado português nos certames internacionais no exercício de 2017, que procura assim chegar a novos mercados. “Para tal, aposta fortemente numa das principais riquezas da fileira alimentar nacional: a qualidade única e diferenciação dos produtos da pesca”, acrescenta.

Peso de 2,5 mil milhões de euros no PIB

Esta fileira tem um impacto total no Produto Interno Bruto (PIB) português superior a 2,5 mil milhões de euros e emprega mais de 90.000 pessoas, apresentando-se como um dos principais motores de desenvolvimento da economia nacional.

Recorde-se que, em 2015, as exportações de produtos da pesca atingiram os 1.031,0 milhões de euros, o que representou um aumento de 12,2% relativamente a 2014 (+112,0 milhões de euros). Considerando o valor exportado de produtos da pesca em 2015, destacaram-se os peixes congelados, que, pela primeira vez, foram o principal grupo de produtos exportado (peso de 19,4%, +0,4 p.p face a 2014), seguindo-se os moluscos (peso de 19,2%, +1,1 p.p face a 2014), que registaram o segundo maior acréscimo das exportações em valor face ao ano anterior (+31,7 milhões de euros, correspondendo a +19,1%). Os Estados Unidos é um dos principais destinos deste tipo de produtos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Valter Braga: Açores empenhado e a trabalhar pelo reforço do POSEI na próxima PAC

O Director Regional do Desenvolvimento Rural afirmou, em Santa Maria, que o Governo dos Açores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.