Início / Lazer / Desporto / Pesca desportiva na Galiza e Norte de Portugal tem inquérito em curso

Pesca desportiva na Galiza e Norte de Portugal tem inquérito em curso

As Universidades de Santiago de Compostela, Aveiro, Algarve e Minho estão a levar a cabo um estudo online para saber mais sobre a pesca recreativa no norte de Portugal e Galiza. O inquérito (aqui) está a ser promovido através do projecto Recreges, no site verdeprofundo.net.

Dizem os promotores do estudo que a pesca recreativa tem sido “relativamente pouco estudada na Europa, apesar de ser uma das formas mais habituais do uso do litoral, já que conta com cerca de 25 milhões de praticantes (6,5% da população europeia), e da crescente preocupação sobre os seus impactos e sobre a sua sustentabilidade a longo prazo”.

Por outro lado, dizem os investigadores, os seus gastos e investimentos anuais chegam aos 25 mil milhões de euros na Europa e a sua “importância é evidente quando se compara com o valor das importações (24 mil milhões) e das exportações (13 mil milhões) de pescado na UE.

Estudar para gerir recursos

A pesca recreativa da Galiza e do Norte de Portugal começou a ser estudada nos últimos anos, “mas é necessário realizar um maior esforço de investigação para gerir a actividade de uma maneira mais eficiente e para diminuir os conflitos existentes entre pescadores recreativos e comerciais e outros. A pesca recreativa é uma actividade popular nesta região europeia (apenas na Galiza, 55.000 pescadores operam em cada ano). Por outro lado, os pescadores recreativos realizam uma considerável contribuição para as economias das localidades costeiras através de investimentos em equipamentos de pesca e navegação”, dizem os responsáveis pelo inquérito adiantando que, no entanto, a pesca recreativa é gerida com “escassez de informação”.

Todos os dados fornecidos são confidenciais e utilizados somente para efeitos do estudo. Os resultados sobre o mesmo serão revelados de forma sumarizada, e publicamente disponibilizados a quem estiver interessado.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

GNR apreende 287 quilos de pescado por fuga à lota em Quarteira. Coima até 44.891 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR — Guarda Nacional Republicana, através do Sub-destacamento de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.