Início / Agenda / Novo Banco aposta “forte” na feira Agroglobal do Cartaxo

Novo Banco aposta “forte” na feira Agroglobal do Cartaxo

A Agroglobal – a ocorrer este ano, entre 7 e 9 de Setembro, em Valada do Ribatejo, no Cartaxo – é uma feira de referência como espaço de divulgação da inovação e tecnologia essenciais para o desenvolvimento sector agrícola e para as áreas periféricas que lhe estão associadas como a energia, as telecomunicações e a banca.

Por isso, o Novo Banco, “uma referência para as PME em geral e no sector agrícola em particular, vai marcar mais uma vez presença na feira Agroglobal, um dos principais certames do sector agrícola a nível nacional”, colocando ao dispor das empresas do sector, um conjunto de produtos e serviços financeiros, entre os quais se destacam soluções de tesouraria para crédito de campanha, a conta corrente, factoring, o NB Express Bill e a gestão de pagamento a fornecedores, diz fonte institucional do banco.

A Agroglobal é a maior feira agrícola do País e uma das maiores da Europa neste modelo dinâmico, reunindo cerca de 250 empresas expositoras e demonstrações em contexto real da mais avançada tecnologia ao serviço do sector agrícola. O papel da agricultura na economia portuguesa é debatido num ciclo de colóquios, ao longo dos três dias da feira.

A mesma fonte salienta que o sector agrícola “tem-se evidenciado no panorama económico nacional pelo seu dinamismo e pelo seu nível de elevado crescimento, quer a nível interno quer a nível externo, atingindo valores recorde em termos de exportações. Esta performance tem sido sustentada por um conjunto de alterações ao longo da última década, entre os quais se destacam a modernização e a adopção de diferentes abordagens e por um novo do perfil produtivo.

Certame de dimensão tecnológica

Esta feira bienal tem vindo a afirmar-se, desde 2009, como certame profissionalizado, de dimensão tecnológica e científica à escala real, onde se exibe e partilha o que de mais moderno se pratica e utiliza na agricultura portuguesa.

Fruto da adesão das empresas expositoras, o espaço para stands da Agroglobal foi alargado e reconfigurado de modo a reduzir a densidade de “construção”, para que os horizontes visuais se alarguem e a sensação de campo esteja sempre presente.

Outras novidades desta edição são: a instalação de uma área de amendoal, acompanhando a tendência de plantação de pomares de frutos secos no Alentejo; o aumento significativo da área de tomate para indústria, para dar dimensão à cultura estrela do Ribatejo; o maior protagonismo dado à cultura do girassol, em linha com o aumento real da área semeada no Alentejo, e a reintrodução da cultura da beterraba.

Tal como nas edições anteriores, o milho, a batata, o olival, as forragens e a floresta continuarão a marcar presença nos campos da Agroglobal, reafirmando o potencial destas culturas. Estão também previstos mais ensaios no campo – fertilização, sementes, agro-químicos, rega –, o aumento das áreas de trabalho de máquinas, pistas para as diversas marcas de tractores e alfaias, zonas específicas para pulverização em pomares, vinha e culturas anuais.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Aeroporto do Montijo: PAN pede demissão do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) anunciou o seu parecer favorável condicionado ao Aeroporto Complementar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.