Início / Agenda / Nai Lert Flower. Festival de Flores da Tailândia decorre pela primeira vez ao ar livre

Nai Lert Flower. Festival de Flores da Tailândia decorre pela primeira vez ao ar livre

O Nai Lert Flower & Garden Art Fair, que se realiza em Banguecoque entre 2 e 4 de Fevereiro, é o mais prestigiado festival de flores de toda a Ásia, inspirando milhares de pessoas há 30 anos. Para celebrar uma nova era, a edição deste ano será a primeira ao ar livre, mostrando o melhor do design de jardinagem, da escultura floral e do artesanato antigo e moderno.

As flores são a principal matéria-prima deste certame, encorajando os artistas locais a darem liberdade à sua criatividade.

O festival é uma atracção para famílias, grupos de viajantes, casais ou pessoas singulares que gostem de jardinagem, flores, arte e artesanato ou que sejam meros apreciadores de actividades ao ar livre. Os bilhetes podem ser adquiridos por 150 Baht (aproximadamente 3,85 euros) no website do Nai Lert Group ou nas bilheteiras do evento.

“Momentos Factor X”

Os três dias do evento terão vários “Momentos Factor X”, cada um com o seu próprio perfil:

  • Flores X Arte
    A feira de jardinagem e flores ao ar livre terá esculturas e trabalhos de conceituados artistas locais. Também os artistas em ascensão terão oportunidade de exibir as suas obras, devendo os trabalhos obedecer às três temáticas em concurso: 1) esculturas florais “Legado das Flores Tailandesas”; 2) design de jardinagem “Celebração das Estações” e 3) vitrinas de casamentos “Amor em Flor”. O primeiro prémio de cada competição será uma viagem a Londres para uma visita ao Chelsea Flower Show, bem como um troféu e um prémio monetário.

Neste espaço poderá ainda visitar a Casa da Herança, considerada a jóia da coroa do Parque Nai Lert, não só por ser um legado intemporal em si mesmo como também porque representa a evolução do artesanato floral desde as técnicas mais antigas às actuais. Igualmente imperdível será a carpete de flores de 450 metros quadrados, uma das maiores de toda a Ásia.

  • Flores X Moda
    Os mais reconhecidos estilistas e marcas de produtos de beleza da Tailândia foram desafiados a criarem colecções especiais para o evento deste ano. Quem procura peças exclusivas vai poder encontrar malas Asava e kaftnas (vestidos tradicionais tailandeses). O Mercado de Arte revelará peças raras, com artistas em ascensão e outros já bem estabelecidos, reunidos debaixo do mesmo tecto.
  • Flores X Sabor

    A gastronomia é um aspecto essencial na cultura tailandesa, unindo famílias e comunidades. No festival, todos os vendedores de street food foram escolhidos a dedo e prometem surpreender os visitantes com o melhor que se faz na Tailândia. Uma equipa de chefs criou uma gama exclusiva de receitas à base de flores, que vão de cocktails refrescantes a pratos sumptuosos.

  • Flores X Diversão
    Neste espaço, mais vocacionado para acções de animação, decorrerão aulas de culinária, produção de fragâncias florais, pintura de flores e arranjos florais, todas elas ministradas por artistas conceituados.

Saiba mais sobre o evento aqui.

Parque Nai Lert

O pitoresco Parque Nai Lert, talvez um dos segredos mais bem guardados de Banguecoque, tem cerca de 100 anos de história e tradição. Três gerações da família Nai Lert viveram na Casa da Herança antes de esta ser convertida em Museu e aberta ao público.

A Casa da Herança passou por obras de restauro durante quase três anos para recuperar a grandiosidade inicial, mas o chão de teca dourada, os pilares e as árvores centenárias foram deixados intactos.

O Parque Nai Lert situa-se perto das estações de BTS Chitlom e Ploenchit, e estende-se por uma área superior a 24 mil metros quadrados, contendo uma série de antiguidades e artefactos que remontam à Segunda Guerra Mundial, e que são parte da colecção privada da família Nai Lert.

Hoje em dia, o parque é gerido pelas terceira e quarta gerações do clã, que dá assim continuidade ao extraordinário legado dos seus antepassados.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Capoulas Santos aprova novo projecto de regadio: Circuito Hidráulico de Évora

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, aprovou um novo projecto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.