Início / Mar / Ambiente / MSC Cruzeiros inaugura MSC Grandiosa em Hamburgo e anuncia neutralização do carbono já em 2020

MSC Cruzeiros inaugura MSC Grandiosa em Hamburgo e anuncia neutralização do carbono já em 2020

A MSC Cruzeiros baptizou no passado sábado, dia 9 de Novembro, o MSC Grandiosa, o seu mais recente e ambientalmente mais avançado navio emblemático, na cidade de Hamburgo, na quarta e última noite de comemorações no Porto Azul.

E por ocasião das comemorações realizadas em Hamburgo do navio de cruzeiro mais avançado até hoje em termos ambientais, a MSC Cruzeiros anunciou o seu compromisso de se tornar na primeira companhia de cruzeiros no mundo a operar com carbono totalmente neutro.

 

Parte do maior e mais longo evento de baptismo de todos os tempos da companhia de cruzeiros, a série de celebrações do MSC Grandiosa estende-se por 27 dias, em 8 países e 11 portos e envolverá mais de 14 mil agentes de viagens de todo o Mundo.

Depois das comemorações em Hamburgo, o MSC Grandiosa embarcará numa grande viagem, visitando Southampton, no Reino Unido, Lisboa, Barcelona, Marselha e Génova, em Itália, antes de iniciar os seus itinerários de 7 noites no dia 23 de Novembro.

Melhorar o desempenho ambiental 

Projectado para garantir emissões de ar ainda mais limpas e melhorar o desempenho ambiental geral tanto no mar como em terra, o MSC Grandiosa está equipado com tecnologias avançadas de última geração e estabelece um novo padrão de sustentabilidade no mar.

A bordo, viajantes de todas as idades e gostos encontrarão várias novidades à sua espera, incluindo:

  • Dois novos espectáculos originais do Cirque du Soleil at Sea, exclusivos para os hóspedes da MSC Cruzeiros
  • Uma Promenade ao estilo Mediterrâneo com 93 metros de comprimento, repleto de lojas e restaurantes internacionais
  • Uma experiência de belas artes imersiva com gravuras da série Danse Dessin de Edgar Degas
  • Áreas dedicadas para crianças projectadas em parceria com a Chicco e a Lego
  • A primeira assistente virtual do mundo a bordo de um cruzeiro digital – a ZOE – em todos os camarotes.

Desde que chegou a Hamburgo, no dia 6 de Novembro, o MSC Grandiosa foi o tema e a estrela de um espectáculo imersivo de luzes no Porto Azul da cidade alemã. As espectaculares instalações de luz do reconhecido artista Michael Batz banharam o porto em tons de azul a fazer lembrar o mar, como forma de simbolizar o compromisso de longa data da MSC Cruzeiros com o oceano. Além disso, a impressionante silhueta do MSC Grandiosa brilhou ao lado da famosa Elbphilharmonie nas margens do Rio Elba.

Chef alemão com 3 estrelas Michelin

Na inauguração, os hóspedes a bordo puderam desfrutar de um menu gourmet de quatro pratos, criado pelo conhecido Chef alemão com 3 estrelas Michelin, Harald Wohlfahrt, para o Jantar de Gala.

O menu para os viajantes começou com uma salada fria de caranguejo rei com coulis de crustáceos e caviar imperial ou um napoleão de galinha da Guiné com quenelle de gengibre e maçã, geleia de Riesling e brioche.

De seguida, foi apresentado o tradicional prato alemão, “Maultasche” – macarrão recheado com trufas de inverno e molho pistou.

Para prato principal, os convidados poderiam optar entre rodovalho assado no forno em fumet de açafrão e mexilhão e mistura de vegetais e duo de lombo de vitela e bochecha assada, couve lombarda, cenoura caramelizada e molho de ervas assadas. Para terminar esta festa gourmet, os convidados escolheram entre um parfait de pistáchio com granitado de laranja e cocktail de frutas exóticas e uma torta de chocolate com pêras caramelizadas e gelado de baunilha-mascarpone.

O MSC Grandiosa iniciará os seus cruzeiros regulares de 7 noites no Mediterrâneo Ocidental a partir de 23 de Novembro, com seis portos de embarque em Génova e Civitavecchia, em Itália; Palermo, na Sicília; Valetta, em Malta; Barcelona, em Espanha e Marselha, em França.

Carbono totalmente neutro

Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises, disse que “o nosso enfoque na inovação desde que construímos os nossos primeiros navios de cruzeiro em 2003, garante que tenhamos uma das frotas mais modernas no mar, além de uma das mais avançadas no que diz respeito ao desempenho ambiental. E, graças ao nosso planeamento a longo prazo, todos os avanços introduzidos permitirão alcançar uma redução de 29% em toda a frota na intensidade (taxa) de carbono até 2024, comparativamente a 2008, no caminho de cumprir a meta de redução de 40% estabelecida para 2030”.

“Além disso, na semana passada, anunciámos que o projeto PACBOAT de células de combustível movidas a Gás Natural Liquefeito (LNG) será instalado a bordo do MSC Europa – o primeiro dos 5 navios de cruzeiro movidos a LNG que se juntarão à nossa frota. Esta não só será a estreia em todo o mundo de uma tecnologia que promete ser mais eficiente para operações marítimas de alta potência, como também é outro exemplo concreto do nosso firme compromisso de formar parceria e apoiar o desenvolvimento acelerado das tecnologias de última geração que levarão a companhia, e o próprio sector, a ter navios a operar com emissões zero”.

“Por reconhecermos que até a mais avançada tecnologia ambiental marítima actual é insuficiente para alcançar imediatamente a neutralidade do carbono, o compromisso adicional que assumimos hoje garante que a nossa frota não contribua negativamente para as mudanças climáticas a partir de 1 de Janeiro de 2020. Somos uma empresa com mais de 300 anos de herança marítima e com um enfoque histórico no longo prazo, típico de empresas familiares como a nossa. Para nós, este é mais um passo no nosso compromisso de longa data de proteger os oceanos, os destinos que visitamos e as comunidades portuárias às quais chegamos”, acrescentou aquele responsável.

Como?

A MSC Cruzeiros compensará todas as emissões directas de dióxido de carbono (CO2) das suas operações marítimas de toda a frota através de uma combinação de projectos de compensação de carbono desenvolvidos de acordo com os mais altos padrões das principais entidades internacionais que tomam medidas imediatas sobre as emissões de gases de efeito estufa. Todos os custos destas compensações, bem como quaisquer outros itens associados, serão cobertos directamente e na íntegra pela companhia.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Governo dos Açores assegura serviços de medicina veterinária à Ilha do Corvo

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que os serviços de medicina veterinária têm …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.