Início / Agricultura / Montiqueijo premiada pelas práticas de responsabilidade social e sustentabilidade

Montiqueijo premiada pelas práticas de responsabilidade social e sustentabilidade

A Montiqueijo – produtora portuguesa de queijos e única marca com produção desde a origem – anuncia que recebeu os Reconhecimentos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade pela APEE — Associação Portuguesa de Ética Empresarial.

Promovida pela Associação desde 2015, esta iniciativa visa reconhecer boas práticas e modelos de governação de organizações dos sectores privado e público que contribuem para o desenvolvimento sustentável.

Na vertente de Responsabilidade Social — categoria Comunidade —, a produtora de queijos vê distinguido o seu projecto pedagógico “O Queijinho vai à Escola” que decorreu, entre Março e Julho deste ano, em várias escolas dos concelhos de Loures e Lisboa, com o objectivo de promover hábitos alimentares saudáveis e ajudar as crianças a perceberem os benefícios de uma alimentação equilibrada.

Central fotovoltaica premiada

A preocupação da Montiqueijo com o ecossistema ambiental e filosofia eco-friendly também foram reconhecidos pela APEE no Eixo Objectivos de Desenvolvimento Sustentável – categoria ODS 7 – Energias Renováveis e Acessíveis, ao ter sido premiada a central fotovoltaica instalada junto à fábrica da empresa em Lousa (Loures).

Para além de ter sido a primeira empresa do seu sector a implementar este tipo de equipamentos, em 2017 a Montiqueijo conseguiu uma auto-suficiência média mensal de 18%, reduzindo a intensidade carbónica da produção de queijo em 26% o que equivale a 16,6 voltas ao Mundo pela linha do Equador e a 2.334 árvores plantadas, afirma fonte institucional da empresa.

Foi também possível produzir 335 toneladas de queijo inteiramente pela energia solar.

Ao longo dos seus 55 anos de existência, a Montiqueijo tem procurado “destacar-se não só com a qualidade dos seus produtos como também com a vertente de inovação, as quais têm sido reconhecidas por diversas entidades e instituições quer em Portugal quer a nível internacional”, salienta a mesma fonte.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu na passada quinta-feira, 20 de Setembro, na Pampilhosa da Serra, localidade escolhida como forma de homenagear a força das populações afectadas pelos incêndios de 2017, e contou com a presença de Nuno Mangas, presidente do IAPMEI, Gualter Mirandez, vice-presidente da CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, entre outros convidados.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Beer Party leva mais de 100 cervejas para prova em Lisboa

O melhor do mundo das cervejas estará reunido no Lisbon Marriott Hotel, este sábado, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.