Início / Agenda / Ministro da Economia baptiza barco português da Volvo Ocean Race

Ministro da Economia baptiza barco português da Volvo Ocean Race

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, baptizou hoje, 6 de Outubro, o Turn the Tide on Plastic, que conta com o apoio da Mirpuri Foundation, barco que levará a bandeira portuguesa, a par da das Nações Unidas, na Volvo Ocean Race 2017-2018.

A cerimónia contou ainda, entre outras individualidades, com a participação do secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, do presidente da Mirpuri Foundation, Paulo Mirpuri, e de Dee Cafari, a skipper britânica que estará ao leme.

A cerimónia decorreu na Doca de Pedrouços. Pela primeira vez, Portugal terá um barco na Volvo Ocean Race e dois velejadores nacionais estarão a bordo, os olímpicos Bernardo Freitas e Frederico Melo. A skipper do Turn the Tide on Plastic, Dee Cafari referiu: “Estamos felizes com o projecto. É muito importante termos uma tripulação mista, cinquenta por cento de mulheres e cinquenta por cento de homens, formada por jovens velejadores e também é relevante a mensagem de sustentabilidade e de defesa dos oceanos que levamos com o Turn the Tide on Plastic”.

Mensagem pela sustentabilidade dos oceanos

Paulo Mirpuri, presidente da Mirpuri Foundation, que apoia o Turn the Tide on Plastic, sublinhou que “a Mirpuri Foundation, entre as várias causas que apoia, tem em 2017-2018 a participação na Volvo Ocean Race, patrocinando a equipa Turn the Tide on Plastic. É a primeira vez que um barco nesta regata, que tem uma tradição de mais de 40 anos, transporta uma mensagem pela sustentabilidade dos oceanos. É também a primeira vez que há um barco que leva a bandeira portuguesa, em conjunto com a das Nações Unidas, e que tem velejadores portugueses a bordo”.

Por sua vez, Manuel Caldeira Cabral considera que “a Volvo Ocean Race tem um impacto muito interessante, quer pelo número de pessoas que traz e pela imagem que leva de Portugal a todo o mundo. Esta é a terceira vez consecutiva que passa pelo nosso país e o interessante desta edição, será que além da passagem pelo nosso país, a bandeira portuguesa estará representada no mundo inteiro através de um barco com uma mensagem sobre limpeza dos oceanos e de igualdade de género. É muito interessante ver a Fundação Mirpuri, dar a mesma relevância e importância a estas mensagens. Se, além disso, na competição conseguirmos um bom lugar, será uma vitória muito grande”.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

GNR apreende 287 quilos de pescado por fuga à lota em Quarteira. Coima até 44.891 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR — Guarda Nacional Republicana, através do Sub-destacamento de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.