Início / Agricultura / Ministério da Agricultura entrega ração de emergência, palha e feno nas zonas afectadas pelo incêndio de Monchique

Ministério da Agricultura entrega ração de emergência, palha e feno nas zonas afectadas pelo incêndio de Monchique

O Ministério da Agricultura tem em funcionamento a partir de hoje, 10 de Agosto, na sede da Direcção Regional de Agricultura e Pesca do Algarve (DRAP Algarve), na Herdade do Patacão, em Faro, um centro de entrega de ração de emergência, palha e feno para distribuição aos animais das explorações agrícolas afectadas pelo incêndio de Monchique.

Para mais informações pode contactar a DRAP Algarve através do e-mail gabdirector@drapalg.min-agricultura.pt ou do telefone 289 870 700.

Em coordenação com DGAV, autarquias de Monchique e Silves e Companhia das Lezírias

As operações de recolha e entrega de alimentos destinados a suprir as necessidades que venham a ser identificadas, serão coordenadas pela DRAP Algarve, em articulação com a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), com as autarquias de Monchique e Silves e com Companhia das Lezírias, que entrega esta manhã a primeira carga de palha e feno.

“Desde quarta-feira que está a ser assegurada resposta imediata às necessidades de alimentação animal, através do fornecimento de fardos de palha doados pela Quinta do Freixo”, salienta um comunicado do Ministério liderado por Luís Capoulas Santos.

Desde o segundo dia do incêndio que está em funcionamento, na Escola EB de Monchique, um espaço para o alojamento dos animais que acompanhem donos desalojados, e também para outros animais entretanto evacuados das zonas críticas.

Até ao momento, refere o mesmo comunicado, foram acolhidos cerca de duas dezenas de animais, cuja alimentação tem sido assegurada localmente pela DGAV, com recurso a palha e feno fornecidos pela Quinta do Freixo.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Estatuto de Jovem Empresário Rural está aprovado

O Governo aprovou hoje, 13 de Dezembro, em Consleho de Ministros, o o decreto-lei que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.