Início / Agricultura / MARL pede cooperação na modernização e cria Provedor do Cliente

MARL pede cooperação na modernização e cria Provedor do Cliente

A Administração do Mercado Abastecedor de Lisboa propõe-se manter encontros periódicos com as estruturas associativas representativas dos vários sectores que ali operam, dos legumes às frutas e flores e dos transportes aos serviços e logística, para assim “encontrar as melhores soluções para as múltiplas questões colocadas pelo histórico e pelo quotidiano” do MARL.

A afirmação é feita numa carta que está a ser agora remetida a todos os operadores do MARL, a mesma que anuncia a criação da figura do “Provedor do Cliente” (Susana Santana – ssantana@simab.pt), “para quem devem ser enviadas as questões que considerem pertinentes sobre o quotidiano do mercado”.

A missiva, subscrita pelo presidente do Conselho de Administração do MARL e CEO da SIMAB, começa por lembrar que no primeiro trimestre deste ano a estrutura directiva realizou um conjunto de reuniões de trabalho, ora com os operadores de cada um dos pavilhões, ora com estruturas associativas que representam os operadores.

Opinião dos operadores levada em conta

“Tinham subjacente a apresentação, em primeira instância, do Plano de Modernização do MARL, momento aproveitado para a auscultação da opinião de cada um dos sectores sobre esse plano, sempre com a intenção de melhorar, reabilitando e requalificando, as estruturas e o funcionamento deste centro logístico de base agro-alimentar”, recorda Rui Paulo Figueiredo.

Como se reconhece – diz este responsável – o Mercado Abastecedor de Lisboa chegou ao momento em que se tornam inadiáveis investimentos fundamentais em infra-estruturas, equipamentos e tecnologia, impondo-se a revisão de questões funcionais, que darão corpo a uma actualização do Regulamento Interno.

Requalificação em parceria com todos

“Como de outra forma não poderia ser, pretende-se que a requalificação em curso aconteça em parceria com todos quantos fazem o quotidiano do MARL, da Entidade Gestora aos Operadores e seus Colaboradores e Clientes”, sublinha aquele responsável.

Rui Paulo Figueiredo exorta, assim, todos os parceiros neste processo de Modernização do Mercado a “potenciar a dinâmica em curso, tornando-a mais informada, participativa e complementar da acção da Entidade Gestora”.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Navigator recupera vegetação autóctone com espécie rara de carvalho em Monchique

A The Navigator Company levou a cabo uma acção de recuperação da vegetação autóctone na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.