Início / Agenda / MaisMilho apresenta meios de combate à cefalosporiose

MaisMilho apresenta meios de combate à cefalosporiose

A Agromais – Entreposto Comercial Agrícola e a Anpromis – Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo, em parceria com a consultora Manuela Varela realizam no próximo dia 26 de Julho, pelas 9H15, nas instalações da Agromais Plus, na Golegã, uma visita guiada aos diversos campos de ensaios inseridos no projecto MaisMilho Tour.

O projecto MaisMilho, que se iniciou em 2013, tem como objectivo experimentar soluções técnicas no campo que permitam prevenir e controlar os ataques de cefalosporiose ou murchidão tardia do milho, um fungo de solo (Cephalosporium maydis), que conduz à seca antecipada do milho e origina perdas muito significativas da produção. Este problema abrange todo o Ribatejo, mas com maior incidência na zona Norte e Vale do Tejo.

“No MaisMilho Tour 2016 haverá a oportunidade de se observar os primeiros sintomas da doença, muito importantes para mais tarde se corroborar a presença do fungo, quando se der a rápida seca do milho, que tantas vezes é confundida com outras causas. No decorrer da visita irão também ser apresentadas novas variedades tolerantes à cefalosporiose, adubações específicas, aplicações de produtos biológicos e naturais para o Cephalosporium, assim como demonstrações de fungicidas e insecticidas, sempre com o objectivo de melhorar o rendimento dos agricultores” afirma Manuela Varela, responsável da ARV Protec.

Reduzir as perdas de produção

O MaisMilho é uma iniciativa conjunta de diversos parceiros, onde, para além da Agromais, participa a Anpromis, bem como diversas empresas fornecedoras de factores de produção, sob a coordenação técnica da Manuela Varela.

Este projecto pretende ter uma atitude pedagógica junto dos produtores de milho, pelo que o conhecimento da existência da cefalosporiose numa parcela é fundamental para reduzir as perdas de produção da cultura, numa época em que o controlo dos custos e a maximização das produtividades são factores fundamentais para a rentabilidade das explorações.

 

Verifique também

ANUGA 2019: Água Monchique na maior feira do sector agro-alimentar

A Água Monchique esteve presente naquela que é considerada a maior e mais importante feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.