Início / Agricultura / Madeira: comercialização de banana cresceu 16% nos primeiros 8 meses de 2019

Madeira: comercialização de banana cresceu 16% nos primeiros 8 meses de 2019

A venda de banana da madeira continua a crescer. Segundo dados fornecidos pela Direcção Regional de Agricultura, nos primeiros oito meses de 2019 foram comercializadas na primeira venda 13.295,2 toneladas de banana, mais 1.830,4 toneladas que em igual período de 2018.

Daquele total, 82,9% foi expedida, tendo como destino principal o Continente (81,3% no mesmo período do ano passado), divulga a Direcção Regional de Estatística da Madeira.

A evolução muito positiva registada no segundo quadrimestre (+43,5% em termos homólogos), permitiu mais que compensar a quebra pronunciada observada nos primeiros quatro meses do ano (-18,3%), registando-se até Agosto e em termos acumulados um aumento de 16,0%.

Ao estabelecer comparações com 2019, “é importante contudo notar que 2018 foi um ano de quebra da comercialização de banana (pior registo dos últimos 5 anos), devido sobretudo a condições climatéricas adversas”, realça a Direcção Regional de Estatística da Madeira.

Banana de categoria extra

Para o referido incremento foi determinante o aumento verificado na comercialização de banana de categoria extra (+41,5%), já que na de 1.ª categoria e na de 2.ª categoria registaram-se decréscimos de 13,3% e de 35,4% respectivamente.

Julho foi simultaneamente o mês no qual se registou o maior crescimento homólogo (+65,0%) e também aquele no qual se contabilizou o máximo absoluto do ano em termos de quantidade comercializada de banana, que se fixou nas 2.786,6 toneladas.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Navigator sensibiliza crianças em Aveiro para a importância da floresta

A The Navigator Company, no âmbito do projecto “Dá a Mão à Floresta”, levará a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.