Início / Agricultura / Lusiaves instala aviário para criação de perus em Oleiros. Investimento de 10 M€

Lusiaves instala aviário para criação de perus em Oleiros. Investimento de 10 M€

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Grupo Lusiaves tinha anunciado, em Junho de 2019, que pretendia criar uma unidade de engorda de peru, em Oleiros. E já pode avançar. As obras arrancam brevemente.

Após visita a Oleiros na passada sexta-feira por parte dos responsáveis da Lusiaves, foi garantido pelos mesmos que as obras no concelho irão arrancar brevemente, anuncia a autarquia de Oleiros em comunicado.

Esta visita e consequentes garantias surgiram na sequência do parecer positivo sobre o impacto ambiental da instalação de um aviário para criação de perus na Freguesia de Estreito-Vilar Barroco.

Investimento de 10 milhões

O investimento no concelho no montante de 10 milhões de euros, prevê ainda novos investimentos no território que estão neste momento a ser avaliados pelo grupo empresarial.

Com a implementação deste projecto no terreno, “abrem-se portas ao emprego o que poderá ajudar a atrair e fixar população, a par das medidas implementadas pelo município neste sentido, como é o exemplo dos 5.000 euros de apoio à natalidade, o apoio no mesmo valor para compra ou construção de habitação, o loteamento de terrenos para jovens a baixo custo, o apoio na renda de habitação, entre outras”, acrescenta o mesmo comunicado.

Lusiaves

Fundado em 1986 na Marinha da Ondas, na Figueira da Foz, o Grupo Lusiaves exporta para 21 países, integra 20 empresas, tendo 41 unidades distribuídas por 24 concelhos e emprega cerca de 3.100 colaboradores directamente e 2.000 indirectamente. A inovação tecnológica na área de incubação coloca a empresa entre uma das 5 melhores empresas do sector a nível europeu.

O Grupo Lusiaves assegura todo o processo produtivo, operando em todas as etapas da sua cadeia de valor e integrando a totalidade da fileira, nomeadamente: a produção de milho; a produção de alimentos compostos para animais; a produção de ovos para incubação; a incubação de ovos e produção de pintos; a produção avícola de frango, frango do campo e perus; o abate de aves; a transformação de produtos alimentares; o armazenamento e comercialização; a saúde e nutrição animal; e a valorização de subprodutos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Nuno Russo: “a informação permitirá valorizar o que produzimos”

Partilhar            O secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, participou, ontem, 26 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.