Início / Agricultura / Linha Capitalizar 2018 tem mais 3.500 milhões de euros para apoio às empresas

Linha Capitalizar 2018 tem mais 3.500 milhões de euros para apoio às empresas

O Governo anunciou um conjunto de instrumentos de financiamento para apoio às empresas, no âmbito da linha Capitalizar 2018, que totalizam um montante de 3500 milhões de euros.

Em Lisboa, numa cerimónia de lançamento da linha, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou que esta verba representa “um dos maiores montantes jamais disponíveis em termos de financiamento no sistema de garantias mútuas e de instrumentos de política económica”.

O montante de 3.500 milhões de euros é alcançado através dos 1.600 milhões de euros da linha Capitalizar 2018, 500 milhões de euros da Capitalizar MidCaps, 600 milhões de euros da Capitalizar Exportações e 800 milhões de euros da Capitalizar Mais.

Alargadas as condições de acesso

O ministro salientou que foram alargadas as condições de acesso “a um novo tipo de empresas que vão até aos 3.000 trabalhadores, empresas que são essenciais ao processo de inovação e modernização da economia portuguesa e a empresas que são essenciais para a exportação”.

Caldeira Cabral referiu que “muito do processo de exportação e seu aumento está a ser feito por pequenas e médias empresas mas também por MidCaps, que são empresas de média dimensão e que estão mais bem posicionadas para se afirmarem nos mercados globais”.

O ministro sublinhou que o Programa Capitalizar “é uma reforma estrutural importante e o que está a ser feito com este lançamento de um volume de linhas de financiamento muito elevado mostra bem a confiança que existe nas empresas, nos empresários e no sistema financeiro português”.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Terminal de Contentores de Sines supera recorde de 2017

O Terminal de Contentores de Sines – Terminal XXI movimentou, até ao dia 12 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.