Início / Agricultura / Jorge Durão Neves é o novo presidente da Anpromis

Jorge Durão Neves é o novo presidente da Anpromis

A Anpromis — Associação dos Produtores de Milho e Sorgo de Portugal realizou mais uma assembleia geral, no passado dia 25 de Março.E elegeu os novos órgãos sociais para o triénio 2019 a 2021. O novo presidente da Associação é Jorge Manuel Coutinho Durão Neves.

Em relação à composição da direcção, fonte da Anpromis destaca “a inclusão de dois jovens agricultores, cujo objectivo é assegurar a representação institucional da nossa Organização no futuro”.

Os novos dirigentes são:

Assembleia geral:

  • Presidente –José Luís Alves Lopes
  • Secretário – Fernando Manuel Guerreiro Silveira do Rosário
  • Secretário – Vasco Manuel Pires Duque dos Reis

Conselho fiscal

  • Presidente – Joaquim Pedro Beirão Freire Torres
  • Vogal – José Maria Pizarro Tello Rasquilha
  • Vogal – António Cabral da Silveira Gonçalves Ferreira

Direcção

  • Presidente – Jorge Manuel Coutinho Durão Neves
  • Secretário – Luís Fernando Bulhão Martins
  • Tesoureiro – João Monteiro Coimbra
  • Vogal – Pedro Miguel Branco Salgado Pimenta
  • Vogal – Rodrigo Cabral de Sousa Vinagre
  • Vogal Suplente – José Manuel Vidal de Goes
  • Vogal Suplente – Ambrósio Teixeira Raposo

A associação

A Anpromis – Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo é um centro de apoio e informação aos produtores e suas organizações, participando, propondo, discutindo e debatendo todas as questões que afectam a produção de milho e sorgo, em Portugal.

O milho é a cultura arvense com a maior expressão em Portugal, ocupando uma área que ronda os 130 mil hectares, com uma produção média anual estimada nas 930 mil toneladas, o que permite que Portugal tenha uma capacidade de auto-aprovisionamento neste cereal de cerca de 35%.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Espanha: Agricultores de Valência fazem manifestação pelos baixos preços das uvas

Os agricultores espanhóis da região de Valência estão preocupados com os baixos preços da uva. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.