Início / Agenda / Inscrições abertas para Mostra de Produtos Portugueses na Turquia
indústria tecnologia 01

Inscrições abertas para Mostra de Produtos Portugueses na Turquia

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal organiza uma Mostra de Produtos Portugueses da Fileira Casa, de 26 de Abril a 6 de Maio, em Istambul, Turquia. A mostra terá lugar no Hotel St. Régis, um dos mais conceituados de Istambul, numa sala do hotel  dedicada exclusivamente a Portugal e aos produtos portugueses.

As empresas interessadas em integrar esta acção, gratuita, devem “ler atentamente as condições de participação” e proceder ao preenchimento do formulário de inscrição até ao dia 24 de Março de 2017 (aqui).

Esta exposição tem como objectivo apresentar produtos de mobiliário, cerâmicas, cutelarias, têxteis-lar e outros artigos decorativos junto de importadores e distribuidores da Turquia.

Reforçar as exportações

“Com a dinamização deste espaço, procura-se contribuir para o aumento da notoriedade da imagem de Portugal num mercado, que segundo as estatísticas indicam que população turca é a segunda, a seguir ao Japão, que mais marcas adquire. O design, a diferenciação e a qualidade que os produtos portugueses apresentam vão de encontro às expectativas que o mercado procura”, explica fonte da Aicep.

“Não perca esta oportunidade de iniciar ou reforçar as suas exportações para a Turquia”, frisa a mesma fonte.

A participação é gratuita, sendo da responsabilidade das empresas cujos produtos tenham sido seleccionados:

  • Garantir a entrega do produto em local a designar, devidamente identificado e no prazo definido. A identificação do produto deve incluir quer as coordenadas da empresa em local exterior e visível;
  • Ceder as peças, durante todo o tempo da exposição;
  • Disponibilizar informação sobre o produto a expor, bem como fotos e outros elementos gráficos que se considerem necessários para uma eficaz promoção;
  • Assumir os custos e operacionalização do transporte;
  • Assegurar o devido acondicionamento/embalamento dos produtos para transporte;
  • Nas situações em que se verifique o não cumprimento do prazo de entrega indicado, as despesas pelo serviço extra serão imputadas e da responsabilidade da empresa;
  • As empresas que pretenderem que os produtos retornem a Portugal deverão combinar com o transportador como proceder no que diz respeito à embalagem e ao pagamento do retorno ou em alternativa deverão indicar que pretendem ceder o material que ficará em exposição na Embaixada/AICEP.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

marta guerreiro 170734

Açores investe 500 mil euros para plantar 250 mil árvores

Os Açores contaram ontem, 23 de Abril, com várias as acções de conservação da natureza …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *