Início / Agricultura / Ingredion lança amido Precisa 680 e promete aumentar até 10% o rendimento do queijo

Ingredion lança amido Precisa 680 e promete aumentar até 10% o rendimento do queijo

A norte-americana Ingredion acaba de lançar o amido Precisa 680, destinado a melhorar o rendimento dos produtos à base de queijo. No anúncio feito aos produtores dos Estados Unidos e Canadá, a empresa diz que a indústria poderá “reduzir custos, manter a textura e melhorar as performances sem comprometer o valioso fluxo do soro do leite”. A promessa é de um aumento do rendimento dos derivados de queijo entre 8% e 10%.

Ingredion Incorporated, um dos principais fornecedores mundiais de soluções de ingredientes para indústrias diversificadas, diz que o Precisa 680 é absorvido no produto, proporcionando uma maior eficiência nos produtos de queijo, no iogurte grego e nos queijos creme.

Segundo a empresa, ao se adicionar o amido Precisa 680 ao leite no início do processo de fabrico, os produtores de queijo podem aumentar o seu rendimento entre de 8% a 10%. O Precisa 680 pode ser utilizado na produção de queijo, nos produtos à base de queijo creme, natas, queijo fresco aromatizado e queijo com baixo teor de gordura.

À base de milho não OGM

Este amido é feito à base de milho ceroso e não é geneticamente modificado, garante a Ingredion.

“Os fabricantes que utilizam o processo tradicional de produção de queijo (separação do soro do leite) continuam a procurar formas de reduzir os custos em produtos de alta qualidade, sem comprometer o fluxo do leite de soro nem as os sabores das texturas dos produtos”, disse o vice-presidente mundial da Ingredion Tremplins.

Aquele responsável adiantou que “esta solução é fácil de integrar no processo tradicional de produção de queijo e não requer qualquer investimento de capital, criando oportunidades de aumento do volume de vendas e o acesso a novos mercados”.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Previsões agrícolas do INE: Produtividade da amêndoa acima da média

As previsões do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Agosto, aponta para uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.